Olhar Direto

Sábado, 20 de outubro de 2018

Opinião

Como escolher os candidatos

Autor: Wilson Carlos Fuáh

06 Out 2018 - 08:00

Não conhecemos os políticos apenas pela aparência ou pelo que ele fala, porque publicamente os candidatos passam uma imagem irreal, o que faz com que o povo possa continuar acreditando que elegeu um grande líder, e estará atuando com honestidade e ética durante o seu mandato.

Mas, na política devemos ter muito cuidado sobre o que é certo e o é que errado, por isso, é muito importante conhecer a história dos candidatos, pois em cada eleição traz consigo grandes decepções, e através dessas distorções entre o real e o irreal, é que as pessoas espertas estão assumindo posições de destaques na vida política deste país e do estado.

Nas relações políticas, os candidatos têm as suas imagens transformadas através do marketing impositivo, que busca reconfigurar candidato como se fosse um grande líder, mas cabe a cada um de nós eleitores decidirmos  pelos nossos destinos, pois  tudo em nossas vidas envolvem as ações políticas, quer seja na segurança, ou no sistema de saúde, ou no complexo sistema educacional, e   somos nós contribuintes que financiamos os cofres públicos, através da pesada carga tributária, que é abusiva e humilhante, são tanto impostos, que os candidatos para se elegerem, dizem que vão promover uma grande reforma tributária, mas após eleitos, viram ferozes arrecadadores, metem as mãos nos bolsos e se  pudessem promoveriam a bitributação em todos os produtos e serviços, sem sensibilidade e sem visão social, e sem dó do povo.     
                      
Votar é praticar uma revolução sem arma, sem derramamento  de sangue, mas sim pela ação democrática consciente e silenciosa da sua ação dentro da cabine de votação, será importante que saiba digitar o seu voto com  consciência e sabedoria,  pois estará dando um grande passo que decididamente influenciará na sua própria vida e na sua própria história, pois tudo na política  tem um motivo de ser, mesmo que através das ações conscientes ou não, os fatos posteriores a eleição irão acontecer, é por isso, que não devemos ficar esperando pelo destino, pois  na política não existe destino, nem fatalidade, a não ser que continue vendendo o seu voto, ou emprestando sua decisão eleitoral para colocar, políticos no poder para representar “grupos econômicos”, ou votando em políticos que se elegem para ser o seu representante no parlamento e quase nunca aparecem no Congresso Nacional ou na Assembleia Legislativa, mas quando aproxima as eleições, esses políticos de ocasião, muda o repertório das mentiras, na   tentativa de se  reeleger, e para isso, durante a campanha fazem qualquer “negócio”.

 Você eleitor pode promover a revolução democrática, usando a armar poderosa que é o seu voto, pois são através dos nossos votos, que teremos a grande possibilidade de mudar ou limpar esse grande número de políticos, praticantes contumazes de crimes lesivos aos cofres públicos.

Os eleitores conscientes ao não exercitar o poder do seu voto, perde a oportunidade de promover grande faxina no mundo político, e ao deixar de votar, haverá muitos inconscientes que estarão votando inconscientemente e somando estes votos para colocar os desonestos e aproveitadores da política que de forma continuada vão permanecendo no poder como políticos carreiristas e milionários, a vida política é “boa demais”, que os políticos vão passando de pai para filho.

Mas, se existe um ou mais políticos corruptos no poder, a culpa é do próprio eleitor, que vota em candidatos sabidamente desonestos, tenha certeza que candidato  só será eleito se for votado, é bom saber,  que é através do seu voto, que elege e coloca no poder, aqueles que a partir do ano que vem,   promoverá em seu nome, as  grandes ações de desonestidades e corrupções pelo país afora, apropriando de recursos públicos.

Por isso, não vote errado, pesquise a história de cada um dos candidatos, porque senão, você eleitor será cúmplice do seu candidato eleito, pense muito antes de votar, e desejo boas eleições para todos nós, saibam que podemos mudar todos esses estado de coisa,  através dos nossos votos, por isso, que votar conscientemente é muito importante para o estado e para o país.
 

Economista Wilson Carlos Fuáh  É Especialista em   Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas.Fale com o Autor: wilsonfua@gmail.com
Sitevip Internet