Olhar Direto

Terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Opinião

Caminho para a liberdade política

Autor: Marcos Fernandes

07 Out 2018 - 08:00

Desde que iniciei a luta política, as pessoas me perguntam o que eu tenho de propostas? Ao que, em conversa inicial, explico as ideias que defendo, os valores que possuo e as convicções que recebi de minha família, de meu círculo religioso e adquiri através da vivência e estudo. O conjunto de todos esses princípios formam aquilo que eu acredito.

O Estado deve ter um tamanho e papel reduzido na vida do indivíduo e, portanto, este modelo vigente precisa ser urgentemente reduzido. Cabe a ele funções meramente necessárias, como saúde, educação e segurança, deixando para a iniciativa privada todas as demais áreas.

Parlamentar deve, entre outras atribuições, combater a cultura do privilégio, a começar pelos próprios. Como ponta pé inicial, me comprometo a reduzir a verba de gabinete e cortar outros privilégios (carros oficiais,etc), assim tendo respaldo para combater as regalias de outras autoridades públicas.

Estado existe para servir ao cidadão, e não ser servido. Como Parlamentar Federal procurarei servir a meu país, meu estado e meus eleitores e não ter meus interesses individuais atendidos.

É preciso respeitar a minoria e a menor minoria é o indivíduo. Todos os dias o cidadão é espoliado por um Estado Gigante, não apenas com a carga tributária, mas com escolhas rechaçadas por leis limitantes. Não devemos criar dificuldades para depois, algumas autoridades, "venderem facilidades" ao empreendedor.

A cada ano podemos perceber o aumento de regulações que dificultam ou impedem a operação de empresas, portanto eu acredito que já chegou a hora de reduzir o calhamaço burocrático que o empresário está sujeito.

Eu acredito nisto tudo e muito mais. Caso você também acredite nisto eu peço não apenas seu voto, mas também o seu apoio para que nossa luta seja concretizado. Nossa jornada apenas começou.


Marcos Fernandes é candidato a Deputado Federal pelo NOVO - MT. Médico Ortopedista, sem histórico político e concorrendo pela primeira vez a um cargo público, Marcos teve o primeiro contato com o partido há 6 anos. 
Em Sinop, filiou-se e atuou no processo de implantação do Novo na cidade. Há convite da instituição, fez o teste seletivo e oficializou sua candidatura.  

 
Sitevip Internet