Olhar Direto

Terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Opinião

A coragem que vale seu voto

Autor: Antônio Wagner Oliveira

08 Out 2018 - 08:00

O Ano é 2018. Depois de mais de 3 anos de caos social e político, de muitos enfrentamentos, passeatas e desestabilização do país, de uma reforma política feita ao jeitinho e gosto do patrão, cacique partidário, eis que surgem, vindo de longe, de mãos dadas, abraçados e cantando seus hinos e gritos de guerra-RGA JÁ e NÃO AO DESMONTE DO SERVIÇO PÚBLICO-cinco guerreiros e guerreiras da classe trabalhadora surgem no horizonte sombrio, desafiando todas as perspectivas e quebrando as bancas de apostas.
 
Num tempo de desilusões e descrenças, esses “jedais” que se nutrem da força do livre pensar, do livre criticar, que atacam inimigos poderosos da classe trabalhadora, quebrando a rotina do marasmo político, do baronato famélico, do amedrontamento que havia até outrora, onde poucas vozes se insurgiam por medo das “algemas” do poder, eis que surgem eles (as), num sinal de esperança com suas capas mágicas, as capas da honestidade e da estória de vida ilibada e, de ideais de cada um desses (as). Esses (as), enviados pela tropa maior para serem os mártires de uma causa, a CAUSA COLETIVA, chegam destemidos.
 
Quem são esses? Se perguntam os donos do poder. Esses que ousam nos desafiar, com nossos tanques e jatinhos de guerra, com nossos cofres fortes abarrotados de dinheiro ilícito, roubado a “duras penas” do povo, com nossos ternos e paletós impolutos por fora, mas sujos de “sangue das pessoas mortas por falta de hospitais”, em seus vastos “arados” mas pequeno universo intelectual.
 
Quem são e o que querem? Inquietos se perguntam os que se “adonaram do estado”. Será que podemos os comprar? Intimidar já viram que não. Será que os poderemos sufocar com nossa montanha de contratados em revistas e jornais sem credibilidade? Será que os podemos desviar de seus caminhos retos?. Percebem pouco a pouco que é inútil tentar, é em vão buscar desviá-los da missão ideal e quase suicida. E para esses, ao que parece, missão dada é missão cumprida!
 
Esse são os combatentes do serviço público, que deram seu suor e lágrimas em nome de todos e, agora, nos emprestam seus tempos de vida, seu tempo com família e filhos, para nos servir de escudo mais uma vez. Nosso escudo contra o retrocesso que se horizonta como fim de uma era, a era do serviço público. E é contra isso que foram para guerra, juntos e unidos.
 
Esses são nosso iguais, mas melhores, pois mais corajosos e audaciosos. São eles nossos candidatos com nosso DNA, nossos melhores líderes, nossos co-irmãos e irmãs, no sacrifício da luta, deram um passo adiante e se propuseram a aceitar o desafio imposto pela necessidade. A NECESSIDADE de termos nossos representantes condecorados nas urnas. É necessário darmos os nomes desses verdadeiros “avatares”. São eles, Diany Dias, Oscarlino Alves, João Batista e Henrique Lopes, para deputados Estaduais, sendo que os três primeiros formam uma frente única, onde o voto em qualquer um se soma na força de todos. E outra, uma “amazonas guerreira”, a Gisela Simona, para Deputada federal, missão maior ainda, visto o mar de tubarões assassinos de famílias inteiras, por roubarem dinheiro da segurança e tantas áreas fundamentais a sobrevivência de nosso povo, nossos iguais.  
Esses se propuseram a lutar por nós nas urnas, mesmo em desigual força financeira e de estrutura partidária, mesmo não sendo tempo de novatos, mesmo não sendo tempo de “amadores” nem neófitos em política. Pois esses profissionais da política, carreiristas autocráticos, não têm piedade nem parcimônia. Jogam pesado e por baixo do pano do caixa 2 e das manipulações midiáticas e de pesquisas fraudulentas e encomendadas. Jogam tudo com nosso dinheiro afanado para se perpetuarem no poder e evitar as grades das prisões com sua vergonhosa imunidade.
 
Por essa coragem inabalável, VALE NOSSO VOTO! Vale o meu voto por este ideal de construção.  Temos o DEVER de sermos leais com nossos iguais, sermos retos em nosso caminho ao voto de servidor para servidor, somando forças e graduando nossos líderes para os futuros e certos combates que virão. Repito, ESSA CORAGEM, VALE O SEU VOTO! Vote nessa causa, pois é a SUA CAUSA TAMBÉM!
 

ANTÔNIO WAGNER OLIVEIRA é Presidente Interino da Central dos Sindicatos Brasileiros em MT, Coordenador do Fórum Sindical dos Servidores e Diretor Jurídico do SINPAIG*.
Sitevip Internet