Olhar Direto

Terça-feira, 20 de novembro de 2018

Opinião

Bem vindo seja!

Autor: MARCELO AUGUSTO PORTOCARRERO

08 Nov 2018 - 08:00

Bolsonaro, leia-se o futuro governo, parece não precisar da tutela da imprensa.

Ele usa forma direta para se comunicar com a nação e por isso mesmo não precisa dos meios tradicionais. Prova disso é a perceptível redução de entrevistas coletivas para a grande imprensa.

Ao se dirigir diretamente aos brasileiros assim como uma pessoa fala com seus amigos, ele o faz sem firulas e sem meias palavras, o que minimiza os efeitos das interpretações tendenciosas que costumam ser feitas pelos analistas políticos antes mesmo da divulgação de suas declarações propriamente ditas.

Bolsonaro informa assim o que fez, o que faz e o que pretende fazer a cada um dos que o seguem em particular e a todos em geral, utilizando-se das mídias digitais individuais o que permite seja transparente, uma das razões de não depender das empresas de comunicação.

Para buscar notícias sobre ele os repórteres e analistas têm que fazer como todos nós e ler seus comunicados pelo Twitter (vão ter que segui-lo). Até mesmo seus adversários, para estarem a par de seu cotidiano vão ter que acessar sua conta no Twitter ou recebê-las via WhatsApp.

Nosso futuro Presidente é uma pessoa que fala a todos, mas não como aqueles que o antecederam. Seus antecessores primeiro procuravam dar satisfação a seu cordão de puxa-sacos e aos grandes conglomerados da comunicação para só depois mostrar a nós o que pretendiam fazer.

Que em seu governo Deus esteja acima de tudo e que o Brasil fique acima de todos.

Bem vindo seja!


MARCELO AUGUSTO PORTOCARRERO é engenheiro civil/ ufmt.
Sitevip Internet