Olhar Direto

Quarta-feira, 26 de julho de 2017

Opinião

Impasse nas redes sociais

Autor: Luiz Gonzaga Bertelli

05 Jan 2017 - 10:28

Saudadas como uma das maiores contribuições da tecnologia para a democratização da informação, já há algum tempo as redes sociais têm a credibilidade arranhada em razão da difusão de boatos, desinformações e até difamação. Até recentemente a reação se resumia a alertas para evitar perigos no compartilhamento de mensagens.

O impasse continuou até que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, endossou as acusações de que os boatos que pipocaram no Facebook favoreceram a eleição de Donald Trump, em detrimento de Hilary Clinton. Poderia parecer só choradeira de perdedores de eleição, se o próprio Mark Zuckerberg, presidente executivo da rede social, desta vez não viesse a público anunciar a adoção de um pacote de recursos para coibir a disseminação de notícias falsas. Análises de conteúdos suspeitos por agências especializadas em checagem de dados servirão de base para a colocação de uma espécie de selo de alerta sobre notícias falsas, sem que elas sejam retiradas da rede.

Pode parecer pouco para evitar os danos que as inverdades – não importa se transmitidas de boa ou de má fé – podem causar, numa rede social acessada por 1,8 bilhão de usuários ativos em todo o mundo. Mas já é um primeiro passo, prudente e cauteloso, na tentativa de equacionar uma saída para o impasse, que coloca de um lado a oportunidade ímpar de democratizar a informação, dando voz a todos, e de outro a necessidade de preservar a privacidade, a imagem e o sigilo de dados pessoais, empresariais e governamentais, entre outros pontos.

Aliás, conciliar esses interesses é o grande desafio imposto aos legisladores, às empresas de redes sociais e aos próprios usuários.  É o preço a pagar por revoluções que vêm para alterar substancialmente as relações sociais e individuais. Mas, como ensina a história, a mesma criatividade humana que gera as inovações sempre se mostra, com o tempo, capaz de encontrar instrumentos para disciplinar seu uso, com o menor dano possível aos benefícios que proporcionam a todos.

Luiz Gonzaga Bertelli é presidente do Conselho de Administração do CIEE
Sitevip Internet