Olhar Direto

Segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Opinião

Palavras de ordem e melhor idade

Autor: Eduardo Póvoas

12 Mai 2017 - 14:35

Procuro como quem procura agulha em um palheiro o idiota que inventou estas frases: “melhor idade” e “palavras de ordem”.

Senão vejamos: lembro-me da minha juventude estudando na querida e saudosa Uberaba, onde tinha eu uma namorada que me atendia na parte da manhã, outra na parte da tarde, jogava futebol até às nove horas e depois ainda ia para o CAMP (centro Acadêmico Mário Palmério), o melhor centro acadêmico da cidade, dançar até madrugada e no dia seguinte, às sete da manhã estava firme e forte na sala de aula. Ufa......

Segundo esse idiota que inventou a frase “melhor idade”, deveria estar eu nessa época na pior idade e não sabia.

Era tão “pior” a minha idade naquela época que faculdade, futebol e namorada a gente tirava de letra.
Não tinha indisposição para nada, pelo contrário, quando os grandes times de São Paulo vinham jogar em Ribeirão Preto, (180 km de distancia) a gurizada ainda ia à caçamba de uma F100 até lá para assistir aos jogos e depois tomar um chopinho no Pinguim.

A partir dos cinquenta  se você acordar sem nenhuma dor em nenhum órgão, você indubitavelmente morreu e se esqueceu de deitar. Assim  se conhece a “melhor idade”!

Mas, ainda pego esse “cara” algum dia!

Talvez o mesmo idiota autor dessa frase, inventou esta: “gritando palavras de ordem”.

É comum a gente ver e ouvir nos canais de televisões, o repórter dizer mais ou menos assim: “estamos na praça tal, onde os manifestantes se reuniram e neste exato momento gritam “palavras de ordem”“.

Que palavra de ordem po....nenhuma.

São alguns desocupados, agitadores, vândalos quebrando tudo pela frente, botando fogo em tudo e espancando quem discorda da sua imbecilidade, com raríssimas excessoes!

Essa turma por acaso sabe o que é ordem? Sabe nada, a maioria nem por que está ali, sabe.

A imprensa precisa parar de usar esta frase para exaltar atitudes deploráveis desse pessoal. E um Deputado Federal que tenha realmente saco roxo, precisa apresentar um projeto de lei responsabilizando quem convocou o “ajunta ajunta” e o denominou de greve,  (seja Sindicato ou Central) de toda bagunça, depredação a bens públicos ou privados, de incêndios ou outras desgraças provocadas por esses vândalos, a assumir e pagar todo mal causado por eles.

E caberá à justiça imediatamente bloquear as contas desses Sindicatos ou Centrais  para cobrir os danos causados por esses marginais.

Vai existir esse Deputado de “saco roxo”?

Vai nada. Precisamos ter este tipo de representante você não acha?

*Eduardo Póvoas é pós-graduado pela UFRJ.
Sitevip Internet