Olhar Direto

Domingo, 19 de novembro de 2017

Opinião

Duro na queda

Autor: José Arimatéia

01 Nov 2017 - 08:00

Torna-se cada vez mais efetiva a posição de pré-candidato a governador do conselheiro aposentado Antônio Joaquim.
 
Comenta-se que Antônio Joaquim está na formação de um grupo político de oposição ao governador Pedro Taques com a participação de lideranças de múltiplos partidos. Seu destino partidário é o PTB. Sua posição no partido já está acertada com a direção federal e estadual.
 
Nomes como Osvaldo Sobrinho, Chico Galindo, ambos do PTB, de Carlos Bezerra – PMDB, já estariam trabalhando uma ampla aliança política para vencerem ao possível candidato a reeleição, o governador Pedro Taques – PSDB, que segundo Antônio Joaquim é um governo já afundou ética e administrativamente pela incompetência e arrogância.
 
Está ainda prematura a possibilidade de se avaliar o futuro desta empreitada. Por alguns motivos que ainda não estão claros.
 
Conseguirá este grupo de oposição adquirir o apoio dos membros do agronegócio, que com certeza pretendem participar do próximo governo? Entre eles, Blairo Maggi, Mauro Mendes, Otaviano Pivetta, Jaime Campos e outras tantas lideranças do meio.
 
O que posso avaliar e afirmar é que conheço bem Antônio Joaquim. Fui deputado estadual no mesmo período que ele.
 
Bagagem ele tem. Basta ver o seu currículo político e de gestor nos vários cargos de grande importância por ele ocupados.
 
Possui um discurso forte e convincente. Jamais abandona os seus propósitos facilmente. Leva as suas lutas até o fim. É sem dúvida “duro na queda”.
 
Na minha opinião não é aconselhável as trocas de farpas com Pedro Taques. Deve sim elevar o seu discurso no sentido de mostrar aos eleitores uma proposta de governo que possa verdadeiramente mudar o destino do nosso estado.
 
Combativo, competente ele é, só depende dele a viabilização do seu nome como uma forte oposição ao atual governo.
 
 
José Arimatéia é  Ex Dep. Estadual
Sitevip Internet