Olhar Direto

Sábado, 16 de dezembro de 2017

Opinião

O movimento que ganha forças, rumo a 2018

Autor: Licio Antonio Malheiros

01 Dez 2017 - 10:25

A implementação de políticas públicas em nosso país, passa necessariamente pela questão política. A atuação pífia por parte de alguns parlamentares brasileiros, capitaneados pelo exacerbado índice de corrupção, seja ela, ativa ou passiva, tem levado grande parte da população brasileira ao descrédito total quanto à atuação, de políticos e instituições. Quer queiram que não, o Brasil foi constituído a partir de uma fraca noção de identidade pública e sob a batuta de interesses privados muito fortes. A partir dessa lógica, nos deparamos com um estado forte demais para conceder favores, e fraco demais para estabelecer com clareza os limites entre o público e o privado, essas são algumas características emblemáticas dos estados brasileiros.

Mato Grosso não foge a regra, enfrentamos sérios problemas de ordem: política, econômica e social, fruto, de uma série de fatores, talvez  um dos mais agravantes, seja, a dimensão territorial continental do nosso estado, com 903.357,700 Km², contando com 141 municípios.

Ano que vem, teremos eleições, os brasileiros vão às urnas para eleger seus representantes para os seguintes cargos: Presidente da República, Governadores, Senadores, Deputados Federais, Deputados Estaduais/Distrital, 1º turno será 7 de outubro de 2018 e 2º turno será 28 de outubro de 2018.

Em 2018, será momento impar, para que possamos mudar esse quadro caótico e vergonhoso da política do nosso estado, votando em pessoas: probas, honestas, de caráter ilibado, e que não tragam máculas em seus nomes.

Pegando esse gancho,  trazendo para atualidade, eis que surge no ano de 2015, no dia 11 de maio, um grupo de whatsapp, criado pelo empresário, Marco  Polo de Freitas (Popo), reunindo nele, pessoas formadoras de opinião, tendo como objetivo principal; discutir assuntos dos mais variados possíveis, entre os quais, eleição 2018.

Esse movimento, que teve início no whatsapp, ganhou forças chegando ao ponto de criar-se, o fórum GW 100, que aconteceu no dia 30 de novembro de 2017, nas dependências da Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL), tendo como tema central "Eleições, Vote! Faça como o interior: vote em candidatos de sua região", este, é um slogan forte.

O fórum GW 100 tem como carro chefe, mostrar e alinhavar ações propositivas que possam divulgar e difundir a importância do voto  Distrital,  votando em candidatos da Baixada Cuiabana, composta por 13 municípios.

A importância em se votar em candidatos da Baixada Cuiabana, passa necessariamente pelo número de parlamentares eleitos, e consequentemente a destinação de emendas parlamentares.

Em 2014, a baixada cuiabana conseguiu eleger 5 deputados estaduais e 2 deputados federais; dessa forma, limitaram-se as emendas   parlamentares, que poderiam ser destinadas as áreas pontuais como a Saúde Pública, nosso calcanhar de Aquiles.

Um exemplo clássico disso é a falta de verbas para a conclusão do novo Pronto-Socorro de Cuiabá, no que diz respeito à compra de equipamentos. O  governo estadual havia acordado o repasse de R$ 82 milhões, uma nova decisão, reduziu em apenas R$ 32 milhões, que serão repassados à prefeitura Municipal de Cuiabá, tendo em vista, a bancada federal anunciar a destinação de R$ 50 milhões em emendas impositivas, aquelas que têm execução obrigatória.

Infelizmente, enquanto isso, os municípios distantes da capital, assim como países vizinhos, continuam mandam seus pacientes de alta complexidade, para o Pronto-Socorro de Cuiabá, que acaba  parecendo, praça de guerra. Enquanto isso continuam usando aquele velho método, das ambulâncias, não adianta criar medidas paliativas, precisamos sim, concluir o Pronto-Socorro de Cuiabá.


Professor Licio Antonio Malheiros é geógrafo (liciomalheiros@yahoo.com.br)
Sitevip Internet