Olhar Direto

Terça-feira, 20 de novembro de 2018

Opinião

Pontas dos dedos ajudam a liberar crenças limitantes e a expandir a consciência

Autor: Beatriz Bruehmueller

07 Jan 2018 - 08:00

Você deve estar se perguntando: Como assim? Como é possível liberar crenças de uma vida toda apenas com as pontas dos dedos? E eu te respondo, sim é possível através de  uma terapia Barras de Access  que tem revolucionado  a forma de eliminar crenças e padrões de comportamento de forma rápida e eficaz como nunca visto antes.

Funciona da seguinte forma: O cliente fica deitado numa maca.  O  terapeuta por meio de toques suaves trabalha  32 pontos na cabeça. Cada ponto é uma área: sexualidade, esperança, comunicação, dinheiro, controle, criatividade,  gratidão, cura, alegria, tristeza... entre outras.  O nome Barra de Access é devido a forma que a terapia é trabalhada.  Como os pontos são pressionados nos dois lados da cabeça ao mesmo tempo,  formam um tipo de barra que acessa a consciência, daí o nome.

Desde o nosso nascimento até os dias atuais  vamos "comprando" pontos de vista dos outros, da família, amigos, do ambiente.... e aí passa a ser nosso.  E é assim que se  nascem as crenças. Um exemplo: Dinheiro é sujo, quem tem dinheiro não vai para o céu, é mais fácil um camelo passar no buraco de uma agulha... Quando "compramos esses pontos de vista" nossa vida financeira jamais irá fluir já que todo o dinheiro que entrar vai  embora para justificar essas crenças. E a partir da hora que limpa essa crenças, a vida começa a fluir em todas as áreas.




O cliente não precisa falar sobre o problema que o fez procurar a terapia.  Ele simplesmente deita na maca e relaxa enquanto os 32 pontos são trabalhados. Após a sessão vai sentir um imenso relaxamento. Cada pessoa reage de uma forma. Tem pessoas que visualizam imagens durante o processo, outras sentem como se apagasse algo. Há regiões na cabeça que  quando tocadas  esquentam...  pode acontecer de o ciente dormir, ou bocejar,  chorar, ter ânsia de vômito... enfim o terapeuta é guiado pela energia do cliente. E caso, o cliente queira falar sobre o que motivou fazer  a Barras, o terapeuta vai trabalhar os 32 pontos e pode  trabalhar ainda mais  nas áreas solicitadas.  

Não há contraindicações. O número de sessões varia de acordo com a necessidade do cliente. É muito procurada por quem tem depressão, pensamentos suicidas,  déficit de atenção, síndrome do pânico, vida não flui, medos,  ansiedade, procrastinação, medo sucesso  enfim pra quem quer uma vida com mais leveza.  Como seria sua vida, onde estaria... sem essas limitações?


Beatriz Bruehmueller é Facilitadora de Barras de Access certificada internacionalmente
Psicóloga Organizacional e Clinica
Sitevip Internet