Olhar Direto

Segunda-feira, 27 de março de 2017

Notícias / Copa 2014

Governo deve apresentar relatórios de erros graves e custo excedente de R$ 800 mi com VLT

Da Redação - Jardel P. Arruda

09 Fev 2015 - 07:00

Foto: Reprodução

Governo deve apresentar relatórios de erros graves e custo excedente de R$ 800 mi com VLT
Erros graves no planejamento e na execução, serviços de má qualidade e desperdício de dinheiro público que podem chegar a cifra astronômica de R$ 800 mi. Tudo com o conhecimento da gestão do ex-governador Silval Barbosa (PDMB). Esses devem ser alguns dos pontos abordados pela equipe do Governo que irá apresentar o resultado da auditoria referente às obras que compõem o pacote da Copa do Mundo e ao Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), na manhã desta segunda-feira,9, no Centro de Eventos do Pantanal, a partir da 9h. 

Leia mais:
Taques apresentará ‘raio x’ e diz que sociedade precisa saber o que fizeram com VLT; obra custou R$ 1,5 bi
Silval diz que não houve processo mais transparente do que VLT

O teor da apresentação já foi adiantado para pessoas estratégicas do governo em uma reunião realizada na semana passada,  com a participação do governador Pedro Taques (PDT): são dados que já eram de conhecimento do Governo anterior, mas eram mantidos arquivados. Tudo foi retirado de diversos relatórios de acompanhamentos, elaborados por uma empresa de engenharia, concomitantes a realização das obras. Enquanto as edificações  eram feitas, a empresa elaborava os relatórios e os enviava à administração Estadual, a qual os guardava - com pouco ou totalmente sem uso. Seriam pelo menos nove relatórios.

A expectativa é de que os erros divulgados sejam crassos e possam até mesmo resultar em processos judiciais contra os responsáveis. No início da semana passada o governador Pedro Taques afirmou que o VLT "é o maior escândalo da história de Mato Grosso". 

De acordo com informações divulgadas pela assessoria de imprensa do Governo do Estado, a apresentação será comandada pelos secretários de Estado de Projetos Estratégicos, Gustavo Oliveira; de Cidades, Eduardo Chiletto; da Controladoria Geral, Ciro Gonçalves; e o procurador-geral do Estado, Patryck Ayala. Não há confirmação se o governador Pedro Taques irá participar do evento.

A obra do VLT está paralisada desde o início da nova gestão, quando Taques determinou a suspensão de todos os contratos para auditoria. O conjunto de trabalhos para o Veículo Leve Sobre Trilhos foi a obra mais cara para Copa do Mundo de 2014 em Mato Grosso e uma das mais caras do país, com o valor de R$ 1,47 bilhão.

Deu no Uol

Um dia antes da apresentação do relatório, o portal Uol publicou uma reportagem intitulada "Saiba por que a 2ª obra mais cara da Copa virou um pepino bilionário em MT", escrita pelo jornalista Vinícius Segalla, que vem denunciando, desde antes do início das obras do VLT inúmeras, irregularidades, inclusive no processo de licitação das construções.

De acordo com a reportagem, Vinícius já teve acesso aos relatórios e citou sete pontos que deverão ser abordados na apresentação, entre eles um custo excedente de R$ 800 milhões, problemas de infiltrações em obras concluídas, e a falta de planejamento técnico que resultará em um transporte caro e com pouco utilidade para os cidadãos de Cuiabá e Várzea Grande. Clique AQUI e leia a matéria na íntegra.

21 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • PROPOMOS UM REFERENDO!
    09 Fev 2015 às 12:08

    O Governador Pedro Taques deveria propor um referendo para ouvir a população, se termina ou não essa porcaria que se tornou esse VLT!

  • Alyne
    09 Fev 2015 às 12:04

    Bom, FELIZMENTE os pais do VLT: Riva e Silval não estão mais na política de nosso Estado e com fé em Deus e no povo, NUNCA mais serão eleitos à nada! Agora essa porcaria de VLT está aí, um elefante branco que atrapalha o trânsito nas duas maiores cidades do Estado! Na minha humilde opinião de cidadã, penso que seria menos oneroso arrancar tudo, voltar as Avenidas, melhorar as condições de tráfego. Esse VLT foi começado SOMENTE p/ angariar votos e levantar mais R$$$$ p/ campanhas políticas, nunca se houve a intensão real de terminá-lo, se fosse uma obra séria teria no mínimo um PROJETO! Até a pessoa mais sem informação consegue ver que essa porcaria não faz sentido algum! Como disse a matéria ele liga o NADA à LUGAR NENHUM com um valor de tícket ACIMA de R$ 6,00 enqto o povo faz movimento p/ baratear a passagem de ônibus que é de - R$ 3.10 e que te leva do bairro onde mora até o destino que desejar! Esse VLT é um aos cofres públicos em plena luz do dia, na vista de todos! É um Absurdo! Sou TOTALMENTE contra, sempre fui!

  • MARIA
    09 Fev 2015 às 10:59

    inviável, R$ 10,00, só se for para passear, duas passagens e vou de táxi! Além disso trabalho na Est. do Moinho, o VLT para no Coxipó e tenho de pegá outro ônibus!

  • Ademir
    09 Fev 2015 às 10:20

    Como uma Intituição falida e corrompida como o TCE deste estado aprova tudo??? Desde garimpeiro do Nortão que acabou com o estado e deixou falido, cheio de dívidas e obras super faturadas e sem acabar, de péssimo acabamento e qualidade, e ainda assim é aprovado pelo TCE, isso somente devia ser uma investigação contra todos estes conselheiros "políticos", devem começas as prisões JÁ e mais cadê aquele Mauricio Magalhães da SECOPA, fugiu do país, ou vai dar explicações sobre tudo isso, cadê o MP para agilizar presídios para estes corruptos.

  • Messias
    09 Fev 2015 às 10:17

    O Pedro Taques já dizia mto antes do inicio das obras que esse VLT não era viável e que seria centro de corrupção, enquanto isso, mtos políticos e segmentos da população o criticava falando que o mesmo estava contra o desenvolvimento do estado. A resposta está ai aos olhos de todos. Quero saber onde estão essas pessoas. Dinheiro público jogado pelo ralo.

  • Roberta
    09 Fev 2015 às 10:13

    Simples.... é só apurar, repatriar o din din,...... e mandar prender.......lei tem pra isso

  • mazaropi
    09 Fev 2015 às 10:08

    VLT- Veiculo Leve(mão leve) dos Traquinas!

  • José do Carmo
    09 Fev 2015 às 09:58

    GOVERNADOR !!! Ajude os usuários das estradas MTs. Existem ESTRADAS de CIDADES próximas de Alta Floresta que já foram ASFALTADAS DE 3 X, porém,, não EXISTE ASFALTO... É BEM MT Tá dado a dica (empresa 3 pessoas)

  • elias
    09 Fev 2015 às 09:53

    Onde estava os deputados senadores e outros órgãos fiscalizadores que nao v iran isso. agora ficam todo Mundo tirando o rabo da reta e falando mal.acho k elegemos políticos para resolver os problema k ai estão, que o povo ta cansado de saber.eleitos para trabalhar nao para ficar falando mal ums dos outros e encher os repórteres com reportagems que so denigrem mais este ja tao mal falado estado se nao querem trabalhar vão cassar a lavagem de roupa

  • NEIDE MARIA
    09 Fev 2015 às 09:46

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet