Olhar Direto

Quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Notícias / Carros & Motos

Cidade chinesa será primeira com carros robô sem motorista

BBC

17 Mai 2016 - 11:14

A Baidu está desenvolvendo um sistema de inteligência artificial para comandar carros sem motorista

A empresa de alta tecnologia chinesa Baidu revelou um plano para permitir que carros sem motorista circulem livremente por toda uma cidade.

O plano de cinco anos prevê uma introdução lenta de carros, vans e ônibus autônomos na cidade de Wuhu, no leste do país.

Inicialmente, esses veículos não levarão passageiros. As viagens em zonas de teste determinadas na cidade servirão para refinar a tecnologia.

Ao longo do tempo, essas zonas devem ser expandidas e passageiros poderão trafegar nos veículos.

A ideia é que Wuhu, de aproximadamente 700 mil habitantes, seja a primeira cidade do mundo a adotar a direção autônoma, segundo afirmou ao programa BBC Click Wang Jing, o encarregado do programa de carros sem motorista da Baidu.

"Essa é a primeira cidade corajosa, ousada e inovativa o suficiente para testar a direção autônoma", afirmou ele.

Direção eficiente
Jing afirmou que a primeira fase do teste deve durar cerca de três anos e envolver áreas restritas da cidade, onde ônibus, vans médias e carros serão testados.

Depois de três anos essas áreas serão expandidas e o serviço comercializado para cerca de três milhões de habitantes de Wuhu.

Depois de cinco anos, afirmou ele, toda a cidade será aberta para a circulação de veículos sem motorista em meio a carros, caminhões e ônibus normais conduzidos por motoristas.

Jing disse que a cidade quer usar veículos robôs porque estes são uma maneira eficiente para transportar pessoas e mercadorias.

Segundo ele, o modelo atual, de várias famílias possuindo carros, é um desperdício de recursos porque a maioria dos carros privados passam a maior parte do tempo parados. Carros robôs, segundo ele, seriam usados de forma muito mais intensa.

Um estudo divulgado recentemente afirmou que o uso generalizado de carros sem motorista geraria congestionamentos. O estudo do grupo de contabilidade KPMG sugere que os carros robôs passariam a ser usados por segmentos da população que normalmente não usam carros, como os jovens e os idosos. Isso aumentaria consideravelmente o número de carros nas ruas.

Jing disse esperar que o teste em Wuhu dê origem a mais projetos semelhantes em outros lugares.

"Estamos tentando passar a experiência e dados para o governo central para que eles possam ver os benefícios. Isso tornará mais fácil para nós levar (o projeto) para outras cidades na China", disse.

"Esperamos que seja um ponto de início para levar isso para outros países".

A Baidu é reconhecida por trabalhar com a montadora alemã BMW no desenvolvimento de sistemas de controle para veiculos automatizados. O carro que surgir dessa parceria e outros veículos desenvolvidos pela montadora chinesa Chery devem ser usados no teste em Wuhu.

Muitas empresas de tecnologia, incluindo o Google, e montadoras ao redor do mundo também estão trabalhando na tecnologia de controle carros robôs.
Sitevip Internet