Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Notícias / Cidades

Seminário promovido pelo Alcoólicos Anônimos aborda problemas sociais da doença

Da Redação - Naiara Leonor

26 Out 2016 - 16:47

Foto: Reprodução

Seminário promovido pelo Alcoólicos Anônimos aborda problemas sociais da doença
Para colocar em discussão o alcoolismo como doença, os problemas de saúde e também sociais que ele pode acarretar, o Alcoólicos Anônimos (AA) promove nesta quinta-feira (27) a 15ª edição de um seminário realizado para profissionais da área médica, jurídica, estudantes, servidores públicos, comunicadores e interessados no assunto. O evento será na Assembleia Legislativa, das 8 às 12 horas, e as inscrições são gratuitas.

Leia mais:
Saúde, educação, segurança, transporte e rede de esgoto são prioridades para cuiabanos

O tema Fragmentação Familiar será abordado por quatro palestrantes, dentre eles o juiz Mário Kono de Oliveira, titular do Juizado Criminal Unificado de Cuiabá. Há alguns anos, a instituição realiza um trabalho em parceria com Alcoólicos Anônimos, visando a prevenção de infrações relacionadas ao uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas, bem como a promoção do bem-estar físico e mental e da segurança dos indivíduos que nelas se envolvem, incentivando políticas de saúde e sensibilizando a sociedade para o direito à cidadania.

Também está confirmada a participação do médico psiquiatra Josemar Barreto e do cardiologista Jonas Santana, que tratarão não só do alcoolismo como doença, mas de sua relação com vários outros problemas de saúde.

O alcoolismo é considerado uma doença crônica pela Organização Mundial da Saúde (OMS) desde 1967, caracterizada pelo consumo compulsivo de álcool, na qual o usuário se torna progressivamente tolerante à intoxicação produzida pela droga. Alguns especialistas ainda defendem que a doença é progressiva, incurável e de término fatal, porém, negada por muitos.

Uma das maneiras de tratamento é participando dos grupos de mútua ajuda, conhecido como Alcoólicos Anônimos, que está presente em mais de 150 países e já ajudou mais de dois milhões de alcoólicos a alcançarem a sobriedade. A recuperação, e não cura é sugerida por meio da participação de reuniões, onde homens e mulheres compartilham livremente suas experiências.

Por este motivo, para alcançar mais alcoólicos e ampliar a compreensão do AA, a irmandade conta com apoio da medicina, do poder público, dos tribunais, de empresas ligadas ao trato do alcoolismo, de meios de comunicação e outros profissionais.

Interessados em mais informações podem entrar em contato pelo telefone (65) 3321-1020 ou pelo site. Os participantes do evento também receberão certificado.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Kassio Fontana
    29 Nov 2016 às 21:26

    O importante é se livrar desse mal...podemos ajudar...www.anjosdoresgate.com

  • Grupo Casoto
    26 Out 2016 às 20:43

    Clínica de Recuperação Grupo Casoto www.grupocasoto.com.br A Clínica de Recuperação Grupo Casoto conta com diversas unidades para tratamentos da dependência química

Sitevip Internet