Olhar Direto

Segunda-feira, 27 de março de 2017

Notícias / Mundo

Explosões de carros-bomba em Istambul deixam mortos e feridos

g1

11 Dez 2016 - 09:30

Dous ataques nas proximidades do estádio de futebol do Besiktas, em Istambul, na Turquia, mataram 38 pessoas e deixaram mais de 160 feridos neste sábado (10), segundo o ministro do Interior, Suleyman Soylu.

As explosões na noite de sábado - um carro-bomba do lado de fora do estádio da equipe de futebol Besiktas de Istambul - seguido de um atentado suicida em um parque adjacente menos de um minuto depois - abalou uma nação de futebol ainda tentando se recuperar de uma série de atentados este ano em cidades turcas - como Istambul e a capital Ancara.

As bombas atingiram policiais, matando 27, disse o ministro do Interior da Turquia, Suleyman Soylu, aos repórteres neste domingo (11). Ele acrescentou que 10 pessoas foram presas suspeitas de conexão com o "ataque terrorista".

O número de mortos civis foi menor porque os fãs já tinham deixado o recém-construído Estádio Vodafone Arena após o jogo de futebol, quando as explosões ocorreram. Testemunhas também ouviram tiros depois das explosões.

"Mais uma vez testemunhamos esta noite em Istambul a feia face do terror que atropela todo valor e decência", disse o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, em um comunicado.

A polícia isolou a área enquanto a fumaça subia por trás do estádio e ambulâncias começaram a transportar os feridos para hospitais.

O governo decretou um dia de luto em homenagem aos mortos.

Não houve reivindicação imediata de responsabilidade pelos ataques.

"O nome da organização terrorista que cometeu esse covarde ataque não tem nenhuma importância", declarou o presidente.

"Que ninguém duvide que conseguiremos vencer essas organizações terroristas e os que estão por trás delas", completou.

Suspeita
O governo turco disse neste domingo (11) que os militantes curdos podem ser responsáveis ​​pelos ataques.

Série de ataques
Este ano, Istambul sofreu uma série de ataques atribuídos por autoridades ao grupo do Estado Islâmico ou reivindicados por militantes curdos. Um estado de emergência está em vigor após uma tentativa fracassada de golpe de estado em 15 de Julho deste ano.

A Turquia é parceira da coalizão liderada pelos EUA contra o Estado Islâmico e suas forças armadas atuam na vizinha Síria e no Iraque. Também enfrenta um conflito renovado com um movimento curdo proibido no sudeste.

Ned Price, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, disse que Washington condena o ataque.

Ataques
Imagens de TV mostraram o que pareciam ser os destroços de um carro queimado e dois incêndios separados no entorno do estádio.

A agência EFE diz que o carro-bomba detonou perto de uma caminhonete das forças especiais da polícia, que estava parada próxima ao estádio. Relatos e fotografias compartilhadas nas redes sociais mostram colunas de fumaça nos arredores do estádio.

O jogo entre Besiktas e Bursaspor já havia sido encerrado há cerca de uma hora, e o local foi evacuado. Também foram enviadas ambulâncias e carros do corpo de bombeiros para socorrer as vítimas.
Sitevip Internet