Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de março de 2017

Notícias / Ciência & Saúde

Unidades de saúde de Cuiabá já disponibilizam vacinas contra HPV para meninos

Da Redação - Lázaro Thor Borges

05 Jan 2017 - 09:13

Unidades de saúde de Cuiabá já disponibilizam vacinas contra HPV para meninos
Meninos na faixa etária dos 12 aos 13 anos de idade já podem procurar as salas de vacinação em funcionamento nas unidades  da rede básica de Saúde de Cuiabá para  receber a vacina contra o vírus HPV pelo SUS.  A inclusão dos meninos, anunciada em outubro do ano passado pelo Ministério da Saúde, entrou em vigor este mês em todo o país.  

Leia mais:
Projeto de Lei autoriza trabalhador aposentado a continuar com plano de saúde empresarial


Segundo informações do Setor de Imunização da Vigilância em Saúde de Cuiabá, o estoque de vacinas disponíveis hoje, é suficiente para atender a demanda de meninos e meninas. Todas as orientações para os profissionais responsáveis pela vacinação foram repassadas em outubro e reforçada nesta terça-feira por meio de uma nota técnica emitida pelo Ministerio da Saúde.

Estudos feitos em países como os Estados Unidos, Austrália, Áustria, Israel, Porto Rico e Panamá, que já adotam a vacinação contra o HPV para meninos demonstram que isso contribui para a diminuição do câncer de colo do útero e vulva das mulheres, já que isso possibilita a diminuição da circulação do vírus na população, o que beneficia o público feminino.

Os próprios meninos se beneficiam com a vacina que protege contra  o câncer de pênis, garganta, ânus e verrugas genitais, problemas também relacionados ao vírus.

Vacinação
A inclusão dos meninos na vacinação contra HPV segue recomendações das Sociedades Brasileiras de Imunizações (SBIm) e a de Pediatria e deverá ser ampliada gradualmente até  2020, quando será disponibilizada para meninos de 9 a 13 anos.

Outra mudança é que, a partir deste ano, as meninas que chegaram aos 14 anos sem a vacina também poderão se vacinar.

A vacinação também será estendida ainda para os homens que vivem com HIV na faixa etária dos 9 aos  26 anos. Antes, só as mulheres com HIV desta faixa etária podiam se vacinar gratuitamente. Nesse caso, o esquema vacinal é de três doses.

Também é novidade no esquema de vacinação nacional a inclusão  da vacina contra meningite C para meninos e meninas dos 12 aos 13 anos. Até 2020, essa vacina será também ampliada  para as crianças dos 9 ao 13 anos. Hoje, essa imunização é oferecida apenas para crianças aos 3, 5 e 12 meses de idade. A meningite C é a forma mais frequente da doença, que é considerada grave e de rápida evolução.

Confira as mudanças nos esquemas de vacinação contra o HPV:
-2 doses com intervalo de 6 meses para meninas de 9 a 14 anos
-3 doses com intervalo de dois e seis meses para mulheres com HIV entre 9 e 26 anos
-2 doses com intervalo de 6 meses para meninos de 12 a 13 anos
-3 doses com intervalo de dois e seis meses para homens com HIV entre 9 e 26 anos
 Confira as mudanças nos esquemas de vacinação Meningite C:
-3 doses para meninos e meninas aos 3, 5 e 12 meses de idade
-Reforço para meninos e meninas de 12 a 13 anos

 HPV

 O HPV é um vírus que pode causar câncer do colo do útero e verrugas genitais. Ele é altamente contagioso, e a sua transmissão acontece principalmente pelo contato sexual.

A vacina distribuída no SUS é quadrivalente, isto é, protege contra quatro tipos de HPV: o 6, o 11, o 16 e o 18. Dois deles (o 6 e o 11), estão relacionados com o aparecimento de 90% das verrugas genitais. Os outros dois (o 16 e o 18) estão relacionados com 70% dos casos de câncer do colo do útero.

Além da vacina, a prevenção contra esse tipo de câncer inclui o  exame Papanicolau, que identifica possíveis lesões precursoras do câncer que se detectadas e tratadas precocemente, evitam o desenvolvimento da doença. 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Rodrigo Uliana de Souza
    05 Jan 2017 às 09:31

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet