Olhar Direto

Quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Notícias / Política MT

Ministro cobra conclusão do aeroporto e anuncia visita técnica no Marechal Rondon

Da Redação - Lucas Bólico

05 Jan 2017 - 17:21

Foto: Ilustração

Ministro cobra conclusão do aeroporto e anuncia  visita técnica no Marechal Rondon
O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, anunciou uma visita técnica que deve ser realizada no Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, entre o final de janeiro e o início de fevereiro. Em audiência agendada pelo senador Wellington Fagundes (PR), Quintella, cobrou a conclusão das obras em 90 dias.

Leia também:
Prefeita e senador articulam e DNIT investirá R$ 5,7 milhões para revitalizar avenidas de Várzea Grande

As obras do aeroporto foram lançadas em 2012 a um custo de R$ 83,9 milhões. De lá para cá, foram paralisadas várias vezes e retomadas em 2015. Quando vier fazer a visita técnica, o ministro deve definir a data da entrega do terminal.

Para Fagundes, a situação do Marechal Rondon é vergonhosa. “Nos próximos dias deve ser implantado mais um finger (que faz a ligação entre o terminal e a aeronave) e novos equipamentos do sistema de ar-condicionado. Falta muito pouco. Não há como esperar mais”, afirmou o congressista, de acordo com a assessoria de imprensa.

“A demora na entrega dessas obras é uma vergonha para todos nós”, completou o senador na reunião, que ainda contou com a presença do presidente da Infraero, Antônio Claret de Oliveira.

Na mesma reunião, Wellington Fagundes falou com o ministro sobre as obras do Contorno Norte de Cuiabá, o “Rodoanel”, que começaram a ser executadas em 2009 e também não foram concluídas. Quintella se posicionou pela retomada imediata das obras.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) já contratou empresa e deve dar a ordem de serviço nos próximos dias para a limpeza das margens, melhoria na drenagem e recuperação do pavimento nos nove quilômetros existentes (entre a estrada que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães e a região do Sucuri).

Segundo Luiz Antônio Garcia, diretor de infraestrutura do Dnit, o contrato prevê a construção de uma rotatória na região da MT-010 (estrada da Guia) e dos acessos ligando o Rodoanel à MT-251 (Cuiabá-Chapada) e à região do Sucuri.

Com isso, os nove quilômetros já poderão ser usados em breve para desviar o tráfego de caminhões pesados que, hoje, são obrigados a passar pelo centro da capital.

A reunião com o ministro contou com a participação do secretário de Obras de Cuiabá, Vanderlúcio Rodrigues da Silva, já que a retomada das obras do Rodoanel vai contar com a parceria da administração pública municipal. “Esta será a primeira grande obra da administração do prefeito Emanuel Pinheiro”, afirma o senador Wellington Fagundes.

O Dnit aguarda para março a entrega, pelo governo do Estado, do projeto técnico para ampliação do Rodoanel – dos atuais nove quilômetros para 52 quilômetros.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Moacir
    05 Jan 2017 às 23:46

    É preciso ver autoridade de Brasilia para colocar ordem neste Mato Grosso. Imagina um estado cujos governantes não se preocupam se a capital está ou não com estrutura de aeroporto minimamente decente.

  • Maurício Reis
    05 Jan 2017 às 20:44

    Gente o aeroporto de Cuiabá já rendeu muito dinheiro pra alguém e nada de ficar pronto.Hoje estava simplesmente insuportável o calor no terminal.Nao tem Ar Refrigerado e a internet é ridícula. Sera que o acabamento das paredes será de reboco mesmo. Gente vamos botar um aço escovado ali na parede no setor de bagagem...que coisa acabamento de 5 categoria.O preço do terminal ta muito caro...O ministério público Federal tem o dever de fazer uma auditoria na obra.

  • Justo
    05 Jan 2017 às 20:24

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Antonio
    05 Jan 2017 às 19:25

    Acabei de assistir no jornal da Band, o aeroporto de guarulhos é o segundo do mundo em pontualidade. Na entrevista com os passageiros , todos elogiaram, e porque? Foi privatizado senhores. A coisa pública não vai , vamos deixar de ser hipócritas, o governo tem que cuidar de educação , saúde e segurança, deixa a iniciativa privada trabalhar. Outra, se o DNIT está junto nesse Rodoanel, e etc etc... Não sai em dez anos. Uma vergonha.

Sitevip Internet