Olhar Direto

Terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Notícias / Política MT

Wilson Santos recebe demanda de 15 prefeitos em dois dias e prepara ações da Secid

Da Redação - Jardel P. Arruda

07 Jan 2017 - 17:30

Foto: Assessoria

Wilson Santos recebe demanda de 15 prefeitos em dois dias e prepara ações da Secid
O secretário de Estado de Cidades, Wilson Santos (PSDB), recebeu 15 prefeitos nos dois primeiros dias de trabalho de 2017, quinta-feira (05) e sexta-feira (06). As demandas dos executivos municipais passaram por apoio para obras de pavimentação, iluminação e habitação.

Leia mais:
Governo deve acionar empresa na Justiça por problemas em obra de quase R$ 8 milhões

Entre os recebidos estava Joabe Almeida (PSDB), prefeito do município de Santo Afonso (260 quilômetros de Cuiabá). Ex-gari na cidade que administra em seu primeiro mandato, ele pediu parcerias para melhorias na iluminação pública, construção de novas calçadas, pavimentação urbana, habitação, além de um caminhão coletor de lixo.

“Eu já fui gari do município e sei o quanto os trabalhadores desse setor sofrem com a falta do caminhão coletor. Esse é um pedido especial, importante e necessário para Santo Afonso”, explicou Joabe Almeida, sobre o fato da cidade não ter nenhum veículo desses.

Segundo informações da assessoria de imprensa, outra demanda de Santo Afonso foi a pavimentação dos 38 quilômetros da MT 240, que ligam o município a Tangará da Serra. O trabalho em questão é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Infraestrutura, mas o secretário Wilson prometeu interceder para execução da obra.

A prefeita de Chapada dos Guimarães (65 km da Capital), Thelma de Oliveira (PSDB), também apresentou suas solicitações ao secretário Wilson Santos. A principal delas foi a pavimentação urbana em diversos bairros do município. O titular da Secid-MT prometeu R$ 1 milhão em recursos para essa finalidade. A continuidade das obras de implantação da Estação de tratamento e abastecimento de água da cidade entrou na pauta e uma nova reunião deve ser marcada para debater o assunto.

Além das duas autoridades, o secretário Wilson Santos recebeu ainda os prefeitos de São José do Xingu, Canabrava do Norte, Nova Marilândia, Campinápolis, Porto Alegre do Norte, Nova Xavantina, Santo Antonio do Leste, Juína, Confresa, Vila Rica, Cocalinho e Araguaiana. “É assim que nós trabalhamos, de portas abertas para todos os prefeitos, não importando o partido político. Todos têm total espaço dentro da secretaria e são recebidos sem frescura por mim”, disparou Santos.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Carlos Nunes
    08 Jan 2017 às 08:02

    Agora o WS vai receber demanda é dos 141 municípios de MT - todos estão precisando de alguma coisa, mas CADÊ O DINHEIRO? Se disser que não tem, vai ficar feio, pois pró VLT está emprestando quase 1 BILHÃO DE REAIS, e no final vai pagar esse empréstimo com o dinheiro de cada município de MT, cada um contribui na arrecadação, um pouquinho. O problema é o retorno dessa contribuição, onde eles não veem a cor do dinheiro. MT não é só Cuiabá, ou é? Um dos males da Copa foi concentrar investimentos só nas cidades sedes. Durante muito tempo houve por parte dos demais municípios até reivindicação de divisão do Estado, por causa disso. Essa situação foi contornada pelo Blairo Maggi, que distribuiu melhor o dinheiro, proporcionalmente ao municípios. A Copa destruiu esse modelo de distribuição proporcional do dinheiro entre todos, concentrou tudo só em Cuiabá e Várzea Grande (que recebeu uma migalhas).

  • luiz otavio
    07 Jan 2017 às 19:32

    esta tudo errado,o secretario tem que usar criterios tecnicos ,desse jeito nunca e feito o certo

Sitevip Internet