Olhar Direto

Quinta-feira, 27 de abril de 2017

Notícias / Política MT

Governo publica 9º aditivo para Centro de Treinamento que devia ter sido entregue para Copa 2014

Da Redação - Jardel P. Arruda

09 Jan 2017 - 14:01

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Governo publica 9º aditivo para Centro de Treinamento que devia ter sido entregue para Copa 2014
O Governo do Estado publicou no Diário Oficial que circula nesta segunda-feira (09) o extrato do novo aditivo de contrato para a construção do Centro Oficial de Treinamento (COT) do Pari. A obra deveria ter ficado pronta a tempo da Copa do Mundo Fifa 2014, mas teve a construção prorrogada várias vezes e agora o novo prazo de término é o último dia de 2017. A obra foi lançada ao custo de R$ 31,7 milhões.

Leia mais:
Wilson garante retomada de obras do COT do Pari no fim de janeiro de 2017

“Adita-se ao prazo de vigência 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias, cujo termino será em 31/12/2017.Partes: Consórcio Barra do Pari e a Secretaria de Estado das Cidades”, consta de parte da publicação. A publicação faz parte de um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG), assinado entre a Secid e o Tribunal de Constas do Estado (TCE), para regularizar a retomada da obra.

O espaço conta com capacidade para três mil torcedores e 250 vagas de estacionamento, 20 delas são de uso exclusivo para pessoas com deficiência e idosos. No centro já estão executados: gramado (incluindo todo o material esportivo); duas torres de iluminação; cercamento de isolamento da área e um vestiário. Três mil cadeiras já foram instaladas.

Outros aditivos

Além de mais um aditivo para o COT Pari, o secretário de Estado das Cidades (Secid), Wilson Santos (PSDB), assinou mais quatro aditivos para obras variadas. O Contrato 26/2014/ da Secid, para implantação de sistema de abastecimento de água na comunidade Tatu Grande, no município Nossa Senhora do Livramento, recebeu o 10º aditivo.

Os outros três aditivos foram para ampliar convênios com municípios. Um deles, o convênio 070/2015, junto a Prefeitura de Pontes e Lacerda, a extensão se deu devido ao atraso ocorrido no repasse dos recursos financeiros. Também foram ampliados convênios com as prefeituras de Denise e Alto Araguaia.

Para conferir os aditivos na íntegra, clique AQUI.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • El Cid
    09 Jan 2017 às 15:48

    Vergonhoso para MT! O que era para ficar pronto até Maio de 2014, prorrogado mais uma vez para 31/12/2017. Apesar do prazo de hum ano, ainda não acredito que ficará pronto!

  • Berlizário Arruda Campos
    09 Jan 2017 às 15:24

    Mas que m... ! Tem é que expulsar essa porcaria dessa engeglobal daquí de MT. Esse Wilson Galinho fica dando aditivo pra tudo que é contrato desses caras e eles só fazem lambança e não acabam nunca . Mas, pra que eles iriam terminar as obras ? se terminar acaba a mamação em aditivos. Governinho fraco e desonesto.

  • LÍBERO BADARÓ
    09 Jan 2017 às 14:55

    Não acredito numa esculhambação destas. Essa tal Engeglobal tinha que ser inserida na lista de inidôneas par contratar com o setor público só faz obras pelas metades e o pouco que fazem é porcaria, tem de fazer novamente, tipo o aeroporto. Esse governo acabou de vez. Perdeu a credibilidade, a moral, o senso de responsabilidade...perdeu a vergonha na cara. Sugestão de presente ao Governador Pedro Taques : litros de óleo de peroba. E alguém aí de Mato Grosso me falou que esse Wilsom Santos iria ficar na SECID por pouco tempo, só o suficiente para realizar o trabalho sujo, ou seja, engordar os cofres da engeglobal deve ser compromisso de campanha.

  • TOTONHO PICANÇO
    09 Jan 2017 às 14:47

    QUANDO O WILSON FOI NOMEADO SECRETÁRIO DAS CIDADE DE MT AFIRMANDO QUE FICARIA SÓ ATÉ MARÇO, FIZ UM COMENTÁRIO NESTE MESMO OLHAR DIRETO DIZENDO QUE ELE FOI NOMEADO TITULAR DA SECID PARA "EXECUTAR O SERVIÇO SUJO" QUE TINHA QUE SER FEITO. PRATICAMENTE NO DIA DE SUA NOMEAÇÃO, COMO PRIMEIRO ATO ELE LIBEROU O TROCENTÉSIMO ADITIVO DAQUELA OBRA VERGONHOSAMENTE MAL FEITA E INACABADA DA CANALIZAÇÃO DO CÓRREGO MANÉ PINTO/08 DE ABRIL A EMPREITEIRA CONTRATADA É A ENGEGLOBAL, DA FAMÍLIA GARCIA. DEZ DIAS DEPOIS ESTE SECRETÁRIO, DESAUTORIZANDO A INFRAERO, "DESCANCELOU" O CONTRATO DE REFORMA E CONSTRUÇÃO DO AEROPORTO MARECHAL RONDON, ADITIVOU-O E AUTORIZOU A EMPREITEIRA A REINICIAR OS TRABALHOS, MESMO SENDO VISÍVEL QUE A PARTE JÁ EXECUTADA É DA PIOR QUALIDADE A FELIZ EMPREITEIRA DONA DESTE CONTRATO É A ENGEGLOBAL. NO DIA 20/12/2016 ÀS 16:00HS COMENTEI A MATÉRIA "WILSOM GARANTE RETOMADA DE OBRAS DO COT DO PARÍ...", DIZENDO DO ABSURDO E IRRESPONSABILIDADE DO GOVERNO SE FIZESSE ISSO EM VEZ DE DECLARAR A EMPRESA CONTRATADA INIDÔNEA QUEM ? ENGEGLOBAL. AGORA LEIO ESTA MATÉRIA SEM NENHUMA SURPRESA, POIS JÁ CHEGUEI À TRISTE CONCLUSÃO QUE O GOVERNO QUE INFELIZMENTE EU APOIEI É DO MESMO NÍVEL DESTA EMPRESA QUE TRATAM COM TANTO BABAOVISMO : SÓ FAZ OBRAS PELA METADE O POUCO QUE FAZ É DE PÉSSIMA QUALIDADE

Sitevip Internet