Olhar Direto

Terça-feira, 26 de setembro de 2017

Notícias / Cidades

Jovem desaparecido após abordagem da PM era ameaçado de morte por sargento, denuncia família

Da Redação - André Garcia Santana

11 Jan 2017 - 16:53

Foto: Reprodução

Jovem desaparecido após abordagem da PM era ameaçado de morte por sargento, denuncia família
Em denúncia feita à Corregedoria da Polícia Militar (PM), a irmã de Hugo Vinícius da Silva Salomé, 19, um dos jovens desaparecidos após uma abordagem policial, na segunda-feira (9), relatou que o rapaz havia sido ameaçado de morte por um sargento da instituição. De acordo com Luzia da Silva Cannete, o policial já havia dito diversas vezes a seu irmão, que deixou a cadeia em dezembro de 2016, que quando o pegasse à noite, armado ou em alguma “quebrada”, iria matá-lo.

Leia mais:
Família procura por jovens desaparecidos após abordagem da PM; testemunhas relatam agressão

À Paisana e em um veículo descaracterizado, modelo Pálio, o sargento teria parado Hugo e João Vitor de Oliveira (20), que estavam e um Renault Clio. Na sequencia, duas viaturas da PM chegaram ao local e levaram os rapazes, que não foram mais vistos desde então. Na busca por informações familiares procuraram pelos jovens em todas as delegacias, no Pronto Socorro Municipal e no Instituto Médico Legal (IML), sendo informados de que eles não haviam dado entrada em nenhum destes órgãos.

Na base da PM Localizada no bairro São João Del Rey, bairro onde a situação aconteceu, profissionais afirmaram a mulher que João e Hugo havia fugido da viatura, e por isso não havia dados sobre eles. Na primeira ida ao local ela chegou a ver o veículo Clio, no qual o irmão estava, estacionado no pátio. No entanto, quando retornou mais tarde em busca mais notícias, o automóvel já não estava ali, tendo sido, de acordo com os policiais, guinchado.

Um boletim de ocorrência também foi elaborado por Luzia, que no documento, de nº201611256, registrado ainda na segunda-feira, afirma que o irmão se deslocava junto com o amigo, para a casa de sua mãe, no bairro Novo Milênio. A abordagem teria sido realizada por volta de 14h30. O advogado da família, Sérgio Batistella, contou ao Olhar Direto que durante a ação os rapazes chegaram a ser agredidos e que testemunhas garantiram que eles não estavam fazendo nada ilegal.

Assim como a irmã de Hugo, outros familiares dele e de João também estão desconfiados da situação, uma vez que, em sua opinião, se tivesse escapado da viatura, eles já teriam retornado pra casa ou entrado em contato. Os dois possuem passagem por porte ilegal de arma de fogo e roubo, respectivamente, mas estavam em liberdade. 

Ao Olhar Direto a Polícia Militar (PM) informou que assim que recebida a denúncia, será instaurada uma sindicância para apurar o que de fato aconteceu com os rapazes. Não foi determinado um prazo para o término do procedimento, no qual os policiais e demais testemunhas serão ouvidos.

Na manhã desta quarta-feira (11), familiares se mobilizaram para reivindicar esclarecimentos sobre o sumiço dos rapazes. Com cartazes, eles expressaram sua revolta com o caso e o denunciaram à imprensa. “Mais uma família está sofrendo com o descaso da polícia, que ao invés de proteger, está usando a farda para acabar com as famílias. Todos somos seres humanos e somos falhos. Mas abusos sem explicação não dá pra ficar”, dizia um dos escritos. 

25 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Raquel
    22 Jan 2017 às 11:18

    Eu acho asim que mae não tem culpa de nada mae educa faz tudo i outra acho asim que quem pune a gente e Deus e mas ninguém só isso isso foi uma crueldade eles são seres humanos

  • Paula
    13 Jan 2017 às 15:23

    Acho engraçado a mãe pedir justiça era pra ter dado educação pro seu filho mais atenção isso sim pessoas q fazem isso nao tem suporte da familia ai vira nisso ai fica aterrorizando familias. COLOCA ESSE POVO PRA CARPI QUINTAL

  • Jorge
    13 Jan 2017 às 10:48

    Agora a família está sofrendo... A imprensa deveria perguntar qual foi o sofrimento quando este inseto chamado Hugo tirou a vida de um pai de família que estava trabalhando... A sociedade deveria agradecer pelo sumiço deste indivíduo, pois representa um risco a menos para todos.

  • Higor Rodrigues
    12 Jan 2017 às 18:38

    Cidnei e Lu são advogados KKKKKKKKKKKK só pode, devem ta ganhando algo por tras pra estarem falando m******

  • Cidnéio
    12 Jan 2017 às 18:13

    Justiça com as próprias mão não é a melhor solução pra isso existem leis, e todos devem obediência, até porque quando damos apoio a policiais que fazem isso, qualquer dia podem fazer isso com trabalhadores, ou a PM também é santa? O PM que foi acusado roubou o táxi daqui uns dias estará nas ruas, o PM e o policial civil que foram acusados de extorsão em várzea também, o PM que foi acusado de ter fuzilado pelas costas um deficiente auditivo e mental com tiros pelas costas. Vejam não apoio bandidos nem os de farda! Que polícia nós pagamos? Tudo que falo está ai no link: https://www.google.com.br/#q=policia deficiente mental e auditivo olhar direto

  • Neto
    12 Jan 2017 às 17:48

    Acusações infundadas contra a polícia. Só porque a pm abordou não quer dizer nada. Além do mais essa dupla do crime era conhecida por barbaridades.

  • Julio
    12 Jan 2017 às 17:45

    Demorou trouxe paz para o nosso bairro. Se eu soubesse quem fez isso daria um prêmio. Vivia ameaçando as pessoas, andando armado.

  • Lu
    12 Jan 2017 às 16:59

    Gente vcs que falam de mais vão cuida da suas vidas quem pode jugar. É so Deus vcs sao quem pra ta falando dos meninos entao so falo pra todos vcs que estão julgando vao cuida das suas vidas seus inseto Conseterza que eles nao sao santos sim fosse tava no céu a mt tempo nei na terra eles tinha feito parte quem sao vcs pra fala alguma coisa Sim eles ja errarão isso nao sao da conta de quem ta julgando. . Fica uma dika vai cuida da suas vidas

  • Neto
    12 Jan 2017 às 15:07

    Ficaria triste de fossem pessoas do bem. Temos livre arbítrio de escolher o que queremos ser. A escolha de ir no caminho errado foi deles. Vítimas da sociedade somos nós. Cidadãos de bem não podem mais viver em reclusão. Já que o nosso governo não dão conta desse delinquentes a sociedade tem que aturar? Que elea não aparecam nunca mais.

  • Ana Claudia
    12 Jan 2017 às 09:32

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet