Olhar Direto

Sexta-feira, 22 de março de 2019

Notícias / Política MT

Raio queima painel eletrônico e Botelho decide colocar em votação contas da gestão Taques na quarta-feira

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco

07 Fev 2017 - 20:41

Foto: Rogério Florentino

Raio queima painel eletrônico e Botelho decide colocar em votação contas da gestão Taques na quarta-feira
Nem precisou ser confirmada a expectativa de que houvesse novo pedido de vistas da oposição para evitar que fossem votadas as contas de 2015 da gestão do governador José Pedro Taques (PSDB), na noite desta terça-feira (7), na sessão ordinária da Assembléia Legislativa de Mato Grosso. A queima do painel eletrônico de votação, por um raio, na noite, anterior, além do fato de contar com apenas 13 parlamentares no plenário das Deliberações René Barbour, levou o presidente da Mesa Diretora, deputado Eduardo Botelho (PSB), a optar pelo aditamento da votação da contabilidade para as sessões desta quarta-feira (8).
 
“O painel de votação foi queimado por um raio. É melhor aguardar o seu conserto. Mas não foi apenas isso. No momento do grande expediente [ destinado às votações], existia o risco da oposição manobrar e não haver quorum para votação”, explicou o presidente do Poder Legislativo, para a reportagem do Olhar Direto.
 
Leia Mais:
- Pedro Taques cobra metas em primeira reunião com secretariado e traça estratégia do biênio

- Prado afirma que MP teve de paralisar e adiar obras para se adequar aos atrasos nos repasses do Executivo 


A projeção da Mesa Diretora é de que pelo menos 20 parlamentares compareçam à sessão, nesta quarta-feira. “Estamos fazendo a nossa parte e convocando os senhores deputados para que compareçam à sessão. Nesta de hoje,  havia folga para  votar nada”, justificou.
 
Eduardo Botelho disse que as contas do governador Pedro Taques, com parecer favorável do Tribunal de Contas do Estado (TCE), não têm motivo para provocar novos pedidos de vistas ou votos contrários. “Seriam importante que todos votassem [a favor], até porque os relatórios do Tribunal de Contas estão bem detalhados”, citou ele.
 
Dois membros da base aliada  justificaram suas ausências: Guilherme Maluf (PSDB) está em viagem para tratar questão de saúde, enquanto Doutor Leonardo Albuquerque (PSD) está representando a Assembleia Legislativa de Mato Grosso, em Curitiba (PR), no “Fórum de Discussões Hidroviárias e Portuárias: Perspectivas e Soluções”.
 
O deputado Zeca Viana (PDT) tinha deixado ‘vazar’ que iria pedir vistas das contas, mas não tomou qualquer iniciativa, nesse sentido. Zeca é o líder da oposição, que tem ainda Janaína Riva (PMDB), Waldir Barranco (PT), Silvano Amaral (PMDB) e Allan Kardec (PT). O deputado Romoaldo Júnior (PMDB) se diz independente, mas geralmente vota com a bancada governista.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Cuiabano porreta
    07 Fev 2017 às 23:35

    grandes coisas o TCE orgao esse mergulhado em.corrupcao com compra e venda de cadeiras ...viaduto da sefaz cheio de falahas tecnicas e.superfaturado foi contruido em.baixo da barbas do Tce e pergunto ...onde eles estavam?

  • Jumento
    07 Fev 2017 às 21:17

    Na minha casa a fiação é a mesma desde 1995. É porque tudo o que tenho comprei com o dinheiro do meu trabalho. No máximo é uma lâmpada que queima. Agora! Esse painel uma vez por mês queima.

Sitevip Internet