Olhar Direto

Sábado, 25 de fevereiro de 2017

Notícias / Cidades

Voluntário em alagamento de Campo Novo relata problemas por contato com água suja; fotos

Especial para o Olhar Direto de Campo Novo do Parecis - Willian Tessaro

16 Fev 2017 - 15:01

Voluntário em alagamento de Campo Novo relata problemas por contato com água suja;  fotos
O Centro Hospitalar Parecis, na cidade de Campo Novo dos Parecis (444 km de Cuiabá), registrou pelo menos 30 atendimentos em decorrência do  alagamento da última semana e que deixou mais de três mil desalojados no município. Voluntário, Vinicius Gilmar relatou que se dispôs a ajudar com a entrega de alimentos e água para as pessoas que ficaram desalojadas.

“Nós chegamos ao bairro meio desnorteado, sem saber o que fazer. No local, encontrei mais pessoas ajudando. Um rapaz que estava com um barco pediu nossa ajuda, decidi então subir. Eu não conhecia os outros voluntários, mas a gente se uniu e começou a entregar marmitas e litros de água. Foi tudo muito rápido. Apesar do tempo nublado, eu fiquei com o rosto queimado. Na terça-feira (14), senti umas dores de estômago, acho que foi devido o contato com a água suja, mas estou tranquilo”, relatou.

Leia Mais:
Moradores tentam retomar rotina, mas alerta é de forte chuva em Campo Novo
 
 A diretora do Hospital Municipal de Campo Novo do Parecis, Indiamara dos Santos Ferreira, explicou que uma equipe foi montada especificamente para atender as vítimas do alagamento: “Nós tivemos uma preocupação em colher esses pacientes que iriam procurar o hospital em decorrência das doenças que são compatíveis com essa situação de alagamentos. Então, a gente montou uma equipe de apoio e triagem a essas pessoas. Quando eles chegam, se for identificado como vítima do alagamento, são imediatamente triados e recebem atendimento médico”.
 
Mesmo com o grande número de pessoas atingidas, direta ou indiretamente, Indiamara considerou baixa a procura por atendimento: “a gente esperava um número muito maior de casos essa semana, mas não foi o que aconteceu. Para você ter uma ideia, no domingo, logo após o ocorrido, tivemos apenas 14 casos de procura médica. . Casos indiretos, ou seja, de pessoas que foram voluntários e tiveram contato com a água, nós efetuamos poucos atendimentos também. Então, a procura está bem baixa,” finalizou.

O prefeito de Campo Novo do Parecis, Rafael Machado (PSD), disse - em entrevista ao Olhar Direto -, que a maior preocupação, após a chuva, é a da proliferação de doenças. Isso porque a maioria das casas do bairro Jardim das Palmeiras tem fossas sépticas, que transbordaram.


Jardim das Palmeiras
 
A Secretaria de Cidades de Mato Grosso nformou que em dois dias choveu 300 milímetros na região, o esperado para trinta dias, e mais de 700 casas já foram invadidas pela água no bairro Jardim das Palmeiras, o maior da cidade, de acordo com dados divulgados pela Prefeitura Municipal. Ao todo, são quase três mil pessoas impactadas.
 
Em decorrência da situação para os próximos dias uma equipe de engenheiros da Secid deve chegar a Campo Novo do Parecis para fazer um estudo aprofundado da área e propor uma solução definitiva. "Claro que houve um excesso de chuva, mas é preciso preparar o bairro para impactos iguais a este ou superiores. Vamos analisar quais as contribuições de água que chegam ao bairro, se a drenagem feita é suficiente, se o chamado ‘piscinão’ tem escape. Vamos tratar o assunto com a responsabilidade que o caso requer", garantiu o secretário de Estado das Cidades, Wilson Santos (PSDB).
 
Previsão do tempo
 
A situação ainda é complicada na cidade e as autoridades estão em alerta. A previsão do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), instituto ligado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), aponta que a possibilidade de chuva deve ficar entre 80% e 90% durante o restante dessa semana. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet