Olhar Direto

Quinta-feira, 23 de março de 2017

Notícias / Política MT

Maggi defende governo e fala em desburocratizar Ministério da Agricultura em entrevista a Veja

Da Redação - Lázaro Thor Borges

04 Mar 2017 - 11:07

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Maggi defende governo e fala em desburocratizar Ministério da Agricultura em entrevista a Veja
Em entrevista a revista Veja que circula a partir deste sábado, 4, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), comentou sua participação no governo do ex-presidente Michel Temer e falou sobre as dificuldades em desburocratizar a pasta que comanda. A reportagem é assinada pelo jornalista Robson Bonin. Leia a íntegra aqui 

Leia mais:
Na TV, Maggi defende crescimento de MT pela agricultura e fortalecimento do PP


Sob o título “Legítimo e Impopular”, o ex-governador de Mato Grosso é apresentado como o comandante de uma “ilha” dentro do governo Michel Temer (PMDB). Na entrevista, Maggi, aparece como figura de destaque, enquanto os demais ministros convivem com denúncias de corrupção, principalmente atreladas a Operação Lava Jato.

“Temos um governo legítimo mas que não veio pelo voto popular e vejo que existe um ressentimento em certos setores. Mas temos dois anos pela frente para aprovar as reformas de que o país precisa”, comentou Blairo em referência as propostas enviadas por Temer ao Congresso.

Durante a entrevista, Maggi também comentou sobre a indicação de seu nome para o Ministério da Agricultura. O ex-governador lembrou que alertou o Partido Progressista sobre qual seria sua função a frente da pasta: "Deixei uma coisa bem clara para o presidente e para o partido. Se vocês querem um ministro que vai ajudar o partido a fazer negócios, não me levem para lá", afirmou.

Apesar das especulações, Maggi não foi questionado pela revista sobre a possibilidade de concorrer a presidência no próximo ano. O assunto tem sido comentado e debatido principalmente dentro do partido do ministro, alguns correligionários já o colocam como pré-cadidato as eleições de 2018.
 

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Sandrinha
    05 Mar 2017 às 11:45

    Este aí é um dos dragões do apocalipse! Frio e sem coração! Só quer puxar brasa para sua sardinha! Deus me livre!

  • ANTONIO DE DEUS
    04 Mar 2017 às 22:56

    ASFALTAR O BAIRRO JARDIM MOSSORÓ EM CUIABÁ MT NINHUM POLÍTICO QUER NÉ????????????

  • TITANIC
    04 Mar 2017 às 22:39

    SE DEREM CORDA PARA ESSE SENHOR IGUAL FOI DADO EM MATO GROSSO, A REPÚBLICA VAI AFUNDAR. É BOM QUE ALGUÉM AVISE AO TEMER, POIS A DESBUROCRATIZAÇÃO AQUI JÁ DEU MUITA CANA.

  • ezequiel paixao
    04 Mar 2017 às 12:52

    A preocupação com o agronegócio do ministro é bem seletiva. De um lado ele não deseja que estrangeiros plantem soja e milho no Brasil, e por outro faz uma viagem relâmpago e sem consultar ninguém autoriza a importação de 1 milhã de sacas de café, ferrando a economia de Rondônia, Espírito Santo,Bahia e outros. Ainda bem que tomou um esporro do presidente e suspendeu a medida drástica.

  • Mariazinha
    04 Mar 2017 às 12:28

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.