Olhar Direto

Terça-feira, 17 de outubro de 2017

Notícias / Esportes

Dos campinhos de VG para o Sul: Brenner e Kaio Mendes podem se enfrentar no Gre-Nal

Da Redação - Lázaro Thor Borges

04 Mar 2017 - 15:47

Dos campinhos de VG para o Sul: Brenner e Kaio Mendes podem se enfrentar no Gre-Nal
Um foi o goleador do Inter em 2017 e o outro teve uma ascensão meteórica nas categorias de base do Grêmio, chegando a ser convocado para Seleção Brasileira sub-21. Os rivais Brenner e Kaio, que defendem as camisas do Internacional e do Grêmio, respectivamente, têm uma coisa em comum: os dois nasceram em Várzea Grande e se formaram nos campinhos da cidade industrial.

Leia Também:
Jogo entre Luverdense e Corinthians é confirmado na Arena Pantanal


Brenner e Kaio poderão se enfrentar pela primeira vez neste sábado (4) durante o chamado “Gre-Nal”, jogo clássico entre os dois maiores clubes do Rio Grande do Sul. Brenner, o mais velho dos dois, começou a jogar futebol pelo projeto “Bom de bola, bom de escola” e depois entrou para famosa escolhinha do Búfalo Gil.

O garoto também jogava no time da escola Coração de Jesus, onde ganhou uma bolsa de estudos. As boas atuações de Brenner chamar atenção do clube empresa Brasil Central. A partir daí, o jovem centroavante foi chamado para o Juventude onde, aos 16 anos, cresceu mais ainda como jogador.

Depois de conquistar a artilharia do Gauchão pelo Juventude, Brenner atraiu a atenção do técnico Antônio Carlos Zago que o levou para o Internacional. É ainda pelo Colorado que Brenner enfrentará Kaio. O gremista também chegou ao clube através do Brasil Central.

Kaio Mendes chegou ao tricolor gaúcho em 2012. O jovem é filho de uma empregada doméstica e de um conferente de depósito, apesar da infância humilde, manteve-se com a ajuda dos pais até ascender no mundo de futebol. A origem de tudo, no entanto, vem do Jardim Paula II, em Várzea Grande, onde deu seus primeiros toques na bola.

O futebol um pouco mais “profissional” de Kaio começou na Escolinha do Chuvisco, atrás da casa de um dos avôs. Ao se destacar em campeonatos importantes da cidade industrial, o meia acabou atraindo a atenção do Brasil Central e, posteriormente, a atenção dos olheiros do Grêmio.

Mas o craque não chegou ao Rio Grande do Sul sozinho. Junto com Kaio veio Kaique, irmão gêmeo que atua pela categoria de base do Inter. Kaio tornou-se voltante e acabou subindo para a categoria principal do clube. Em duas ocasiões, esperou ansioso para ser chamado. Acabou ficando no banco mesmo.

“O Roger me chamou. Disse que estava subindo por méritos meus, mas eu tinha que dar mais para me manter”, falou o jogador mato-grossense ao jornal Diário Gaúcho. A expectativa é de que no jogo de hoje, contra o seu conterrâneo Benner, entre pela primeira vez em campo. 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • luneta
    05 Mar 2017 às 06:04

    Boa sorte aos dois varzeagrandenses!!!

Sitevip Internet