Olhar Direto

Terça-feira, 25 de julho de 2017

Notícias / Política MT

Secretário de Saúde deve ficar no cargo até sexta-feira; deputado surge como opção

Da Redação - Érika Oliveira e Ronaldo Pacheco

14 Mar 2017 - 18:46

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

João Batista Pereira da Silva ao lado governador Pedro Taques

João Batista Pereira da Silva ao lado governador Pedro Taques

O advogado João Batista Pereira da Silva colocou o cargo de secretário de Saúde do Estado de Mato Grosso à disposição do governador Pedro Taques (PSDB), mas deve permanecer no governo pelo menos até sexta-feira (17). Cogita-se também a possibilidade de que ele se mantenha até o final do mês. 

Leia mais:
Secretário de Saúde coloca o cargo à disposição e tem reunião hoje com Taques

Nos bastidores,deputados estaduais já começam a levantar possíveis substitutos de João Batista. Na tarde desta terça-feira (14) começou a ganhar força o nome do deputado Doutor Leonardo (PSD), deputado estadual formado em medicina cuja base eleitoral é a região de Cáceres.
 
João Batista Pereira reuniu-se na tarde desta terça com o governador Pedro Taques e discutiu os motivo pelos quais planeja deixar a pasta. João Batista assumiu a Saúde em julho de 2016, em substituição a Eduardo Bermudez. Embora o secretário não tenha tornado público o que o levou a se desvincular do cargo, especula-se que ele tenha sido motivado por problemas como os repasses às instituições que dependem da Secretaria.

O advogado, que também foi secretário de Saúde do município de Nova Mutum por mais de 10 anos, enfrentou ao longo desses sete meses uma paralisação dos hospitais regionais de Sorriso, Colíder e Rondonópolis e duas dos cinco hospitais filantrópicos de Mato Grosso.

Em agosto, o Ministério Público Estadual instaurou um inquérito civil para apurar atrasos na ordem de R$ 15 milhões em repasses que deveriam ter sido feitos pelo Estado a 12 hospitais na Capital e no interior.

Histórico

O primeiro secretário a assumir a Saúde de Mato Grosso no Governo Pedro Taques foi o médico Marco Bertúlio. Ele foi exonerado dois meses depois do início de seu mandato, após entregar uma carta pedindo o desligamento do órgão, alegando motivos pessoais.

Bertúlio foi substituído pelo também médico, Eduardo Bermudez, em outubro de 2015. Quando assumiu a Secretaria, Bermudez disse que iria tentar resolver os problemas da falta de repasse e dos pagamentos de salários dos médicos que trabalham nos hospitais públicos de Mato Grosso.

No entanto, um dos motivos de sua saída teria sido justamente os problemas do setor no Interior do Estado. No ano passado, em meio a uma grande crise econômica, Taques anunciou a chegada de João Batista, que teria como objetivo principal a melhora na articulação com os secretários municipais.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Lucas Pedro
    15 Mar 2017 às 09:58

    Só o Luíz Soares - cabeção! Botafoguense de primeira e correto desde sempre.

  • Carlos Eduardo
    15 Mar 2017 às 05:53

    Dr. Pedro Taques, aproveita a oportunidade e coloca um delegado de polícia, aí as coisas andam.

  • jose a silva
    15 Mar 2017 às 00:23

    Estão vendo o "barco" fazendo água estão iguais ratazanas: pulando fora antes de afundar junto! A questão é: será que o "capitão" aguenta até o fim?

  • Luciano
    14 Mar 2017 às 22:15

    A instauração de processo do MP deu em que?

  • Karlos
    14 Mar 2017 às 21:27

    Marcos Bertulio é Engenheiro Sanitário ! O melhor destes que já passaram por aí , mas como não é politiqueiro ...

  • Karlos
    14 Mar 2017 às 21:27

    Marcos Bertulio é Engenheiro Sanitário ! O melhor destes que já passaram por aí , mas como não é politiqueiro ...

  • Davi
    14 Mar 2017 às 20:36

    Trabalhar por Cáceres mesmo nada até agora. Esse deputado e este governador só tem barulho.

Sitevip Internet