Olhar Direto

Terça-feira, 25 de julho de 2017

Notícias / Política MT

Oposição firma “pacto” com Sebastião Rezende e esquenta disputa por vaga no TCE

Da Redação - Érika Oliveira

15 Mar 2017 - 09:34

Foto: AL-MT

Oposição firma “pacto” com Sebastião Rezende e esquenta disputa por vaga no TCE
Embora o deputado Sebastião Rezende (PSC) tenha afirmado considerar muito “cedo” para travar discussões sobre a disputa interna pela indicação da Assembleia Legislativa de Mato Grosso para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, seu nome figura como um consenso entre os deputados da oposição. A afirmação foi feita pela deputada Janaina Riva nesta terça feira (14).

Leia Também:
- Sebastião Rezende entra como “terceira via” na disputa com Maluf e Fraga por vaga no TCE

- Duas maiores bancadas da AL fecham acordo para apoiar Zé Domingos ao TCE


Segundo a deputada, os parlamentares firmaram um “pacto” com Rezende e, caso ele de fato seja candidato à vaga, a oposição votará em unidade.

“A oposição tem na verdade um pacto com o Sebastião. Então, a gente vai aguardar uma reunião entre todos os deputados e conversar com o Sebastião também para ver qual o caminho que nós vamos trilhar. Muito provável que nós vamos permanecer unidos, com um nome de consenso”, afirmou.

Oficialmente, os deputados que compõem a oposição são: Janaina Riva (PMDB), Zeca Viana (PDT), Allan Kardec e Valdir Barranco, ambos do PT. Caso a declaração da deputada se mantenha, além de esquentar a disputa Rezende pode acumular votos de parlamentares que ainda não se decidiram.

Além de Sebastião Rezende, já demonstraram interesse no cargo de conselheiro o primeiro secretário Guilherme Maluf (PSDB) e José Domingos Fraga (PSD). E, mais recentemente, passou a circular nos bastidores a informação de que outro deputado do PSD, Gilmar Fabris e o secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques também podem entrar para a disputa.

Maioria dos votos

Por outro lado, conforme divulgado pelo Olhar Direto, o deputado Zé Domingos espera conseguir a maioria dos votos dos parlamentares da base aliada ao Governo. A predileção em indicar o deputado já foi confirmada por líderes das duas maiores bancadas da Assembleia.

“Nosso partido tem um nome competente e capacitado; está disposto, quer encerrar a sua carreira política, se programou para isso, é um grande estudioso de orçamento, é um destaque incontestável em orçamento público: o deputado Zé Domingos. Ele tem o apoio dos seis deputados do PSD”, disse o vice-governador Carlos Fávaro, que é presidente regional do Partido Social Democrata (PSD).

O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (PSB) também considera Zé Domingos - que há dez anos faz parte da Comissão Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária (CFAEO) – a pessoa mais capacitada para assumir o cargo.

Botelho, que tem forte influência com os deputados do seu partido, poderia acumular pelo menos mais quatro votos para o social democrata.

Se todos os parlamentares do PSB e PSD, incluindo José Domingos, mantiverem os votos unificados, são garantidos 10 sufrágios. Com isso, ainda são necessários pelo menos mais três para garantir maioria no plenário. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet