Olhar Direto

Sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Notícias / Cidades

Testemunha aponta a bombeiros que estudante de Direito estava em alta velocidade no momento de acidente

Da Redação - André Garcia Santana

15 Mar 2017 - 11:51

Foto: Reprodução/Sandra Carvalho - Circuito MT

Testemunha aponta a bombeiros que estudante de Direito estava em alta velocidade no momento de acidente
Morto na madrugada desta quarta-feira, 15, o estudante de direito Renan Ramos, 28, estaria em alta velocidade em sua moto, modelo CBR1000 Repsol, quando colidiu contra uma estrutura de contenção e caiu com o veículo no Córrego do Barbado, em Cuiabá. A informação foi repassada por um segurança que testemunhou o acidente ao tenente do Corpo de Bombeiros, Eduardo Fernandes Bueno, que atendeu a ocorrência na madrugada de hoje,15. No entanto, somente laudo da perícia criminal poderá apontar as reais circunstâncias do acidente. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran). 

Leia Mais:
Estudante de Direito morre ao perder controle de moto e cair no Córrego do Barbado

Ao Olhar Direto, o militar explicou que o médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) apontou indícios de que a vítima sofreu  um ferimento na cabeça. Embora, ele estivesse com o capacete preso. O forte impacto causou sangramentos nesta região, sendo provável ainda uma fratura do pescoço. Contudo, as causas ainda serão confirmadas após  exames da Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec).

A colisão foi registrada nas proximidades do Viaduto da UFMT, na avenida Fernando Corrêa, ponto onde o estudante perdeu o controle e não conseguiu fazer a curva a esquerda, colidindo contra a proteção da travessia sobre o córrego e caindo. Na sequência, se registrou o isolamento do local e os profissionais  bombeiros entraram na vala para realizar os procedimentos de retirada. Pouco depois se constatou o óbito.

De acordo com o tenente, foi necessário um processo de amarração da vítima à maca para que o corpo fosse levado para a pista da avenida. Em seguida, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). Na sequência, um caminhão guincho foi acionado para trazer a moto de volta a parte superior. Como o veículo estava bastante danificado, houve vazamento de óleo. Assim, os bombeiros usaram pó de serra e areia para evitar outra situação do tipo. 

Foi informado ainda que a Polícia Militar (PM) esteve no local e auxiliou no bloqueio da pista para possibilitar o trabalho dos demais profissionais. 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • vitor hugo
    15 Mar 2017 às 12:35

    Fatalidade! Moto é lazer. Infelizmente uma vida que se perde. Meus sentimentos à família.

Sitevip Internet