Olhar Direto

Terça-feira, 25 de julho de 2017

Notícias / Política MT

Mesmo cobrado pelo PT, Ságuas revela vontade de deixar a vida pública voltar ao exercício da medicina

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco

18 Mar 2017 - 09:22

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Ságuas Moraes deseja retomar a carreira de médico

Ságuas Moraes deseja retomar a carreira de médico

Cotado para fazer parte da chapa majoritária da oposição, em 2018, o deputado federal Ságuas Moraes, da Executiva Regional do PT, pensa diferente e revelou que deseja deixar a vida pública. “A minha disposição é de não ser mais candidato a nada. Já comuniquei ao partido a minha postura. Ao final do meu atual [na Câmara dos Deputados], vou completar 22 anos de mandato. É muito tmepo! Entendo que preciso voltar à minha atividade profissional, que é médico pediatra”, afirmou ele, para a reportagem do Olhar Direto.
 
Sobre a tendência atual do Diretório Regional petista de sempre colocar seu nome como pré-candidato a fazer parte numa eventual chapa majoritária oposicionista, provavelmente ao Senado, trata de declinar.  E avalia que o Partido dos Trabalhadores possui outros nome de envergadura.

Leia Mais:
- Barranco e Kardec garantem bancada do PT na oposição, apesar de votação favorável ao governo Pedro Taques

- Único de MT a votar contra PEC do teto, Ságuas diz que congelamento é o retrato do “golpe” 

“Temos companheiros valiosos, como o doutor Lúdio Cabral, que disputou Prefeitura de Cuiabá e perdeu por pouco e, em 2012; depois, em 2014, ele teve 37% dos votos válidos para governador de Mato Grosso. Temos os deputados [estaduais] Valdir Barranco e Allan Kardec. Vamos iniciar as discussões após os diretórios municipais”, ponderou o Moraes.
 
A decisão de ‘pendurar as chuteiras’ tem influência da família e sua própria vontade de retomar a carreira médica. “Após 22 anos de mandato, vai saturando. [O parlamentar] Não para, não tem feriado, não tem descanso e a família cobra muito. Eu sinto a necessidade de voltar para a Medicina”, argumentou Ságuas. “Já dei a minha contribuição para o PT, para Juína, para Mato Grosso e para o Brasil. A família é importante, no sentido de fazer a gente voltar para à atividade profissional e ao convívio do dia-a-dia”, resumiu o deputado federal petista.
 
Ságuas foi duas vezes prefeito de Juína, duas vezes deputado estadual, duas vezes deputado federal e duas vezes secretário de Estado de Educação. Em 2014, conquistou 97,8 mil votos, sendo o quarto mais votado em Mato Grosso para a Câmara Federal. Ele também exerceu vários cargos no Diretório Regional do PT, ao longo de quase 30 anos de militância. Ele é médico, formado pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).
Sitevip Internet