Olhar Direto

Terça-feira, 19 de setembro de 2017

Notícias / Cidades

Polícia Civil descobre 'consórcio de traficantes' e apreende 500 quilos de maconha em Cuiabá

Da Redação - Patrícia Neves

18 Mar 2017 - 10:34

Polícia Civil descobre 'consórcio de traficantes' e apreende 500 quilos de maconha em Cuiabá
Aproximadamente 500 quilos de maconha foram apreendidos pela Polícia Judiciária Civil, em investigações conduzidas pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), que levaram a descoberta de um consórcio de traficantes para compra  e distribuição de droga.  

Leia Mais:
Vítima reage a assalto e dispara tiro no pescoço de ladrão; 3 cúmplices são feridos com espeto de churrasco

De acordo com a Polícia, dezenas de fardos, caixas e tabletes soltos de maconha foram apreendidos, na noite desta sexta-feira (17.03), depois da identificação de uma casa, na região do bairro Planalto, com a finalidade armazenar o entorpecente.

Dois sacos grande e 70 peças de maconha foram apreendidos no porta-malas de um veículo Voyage preto, no bairro Sol Nascente. O carro conduzido por, Thiago Santos Rodrigues Silva, 24 anos,  foi visto entrar e sair da casa. "Nossos policiais seguiram o veículo e fizeram a abordagem constatando a droga no porta-malas. O preso assumiu ser o dono da maconha, mas não forneceu outros detalhes", disse o delegado Frederico Murta.

Depois do flagrante, os policiais retornaram à casa e encontraram diversos sacos e tabletes, já separados pelos cômodos do imóvel, que segundo as investigações era usada somente para esconder cargas de drogas, posteriormente, distribuídas no atacado entre os fornecedores para venda a outros traficantes menores que atuam em bocas de fumos da Grande Cuiabá. No imóvel não foi encontrado nenhuma pessoa. 

Dentro dos muros da casa, havia um segundo veículo, um Santana prata, também com o porta-malas abarrotados de maconha, sendo retirados de dentro 9 fardos.

De acordo com Murta, a denúncia chegou à Delegacia há cerca de 3 meses e desde então os investigadores vêm averiguando a informação. A casa passou a ser monitorada confirmando, nesta sexta-feira,  a informação de que era usada para guardar cargas de drogas.

O delegado titular da DRE, Vitor Chab Domingues, informou que a investigação prossegue para identificação de toda organização criminosa envolvida no esquema de compra e distribuição de droga na região metropolitana.

O preso será interrogado nesta manhã de sábado (18) e apresentado em audiência de custódia. A droga será periciada e pesada pela Politec, assim como os dois carros apreendidos.

 
Sitevip Internet