Olhar Direto

Sábado, 21 de outubro de 2017

Notícias / Cidades

Mãe denuncia 'apagão' e falha de gerador no Pronto-Socorro de Cuiabá; veja vídeo

Da Redação - Patrícia Neves

18 Abr 2017 - 16:15

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Mãe denuncia 'apagão' e falha de gerador no Pronto-Socorro de Cuiabá; veja vídeo
Um apagão no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC) que expôs à risco os pacientes internados na Unidade de Terapia Semi- Intensiva foi denunciada na data de hoje, 18, por meio de rede social Facebook. A denúncia partiu de Thauna Michele, acompanhante da filha, de 18 anos, que tem paralisia cerebral e encontra-se internada na unidade.

Leia Mais:
TJ determina que Prefeitura transfira pacientes "alojados" nos corredores do PSMC

"Dia 18 de abril, exatamente  às 3h17 e há mais de cinco minutos estamos assim, no breu", diz em um trecho. 

Ela ainda ressalta que os médicos não possuem responsabilidade perante a situação. "Não é culpa da equipe médica. Não estou culpando ninguém. Hoje eu vi gente salvando vidas, mas olha a situação disso aqui. Estamos no breu há mais de 5 minutos. Estou vendo médico correndo com balão de oxigênio porque o gerador não ligou, isso é um absurdo", narra.

Após tomar conhecimento da situação, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro declarou que irá adotar providências e determinou abertura de sindicância para que a responsabilidade sobre a falha seja devidamente apurada. Assevera que não irá tolerar esse tipo de situação.

Ele ainda aponta que  "a informação preliminar é que não houve falha no equipamento, mas que o sistema foi tirado do modo automático para o manual na sala de controle". 

Veja a íntegra da postagem.

"Pessoal, agora vou compartilhar uma situação que me indignou.Tomei conhecimento que faltou energia nesta madrugada no Pronto Socorro de Cuiabá. O informe é que essa situação perdurou por aproximadamente meia hora. A unidade dispõe de grupo gerador. "A informação preliminar é que não houve falha no equipamento, mas que o sistema foi tirado do modo automático para o manual na sala de controle. Em contato com a secretária Elizeth Lúcia de Araújo (Saúde) fui comunicado que ela já determinou hoje pela manhã a abertura de Sindicância para apurar responsabilidade. Não vou aceitar esse tipo de ocorrência na minha gestão. A vida de seres humanos colocada em risco numa Unidade de Saúde. Exijo uma apuração rigorosa dos fatos e a identificação dos responsáveis. Doa a quem doer. Outras medidas severas estarão sendo tomadas".

 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet