Olhar Direto

Sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Notícias / Política MT

Bezerra diz que retorno de WS “desqualifica” a Assembleia e que não haverá mudanças no relatório da CPI

Da Redação - Érika Oliveira

18 Abr 2017 - 18:11

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Bezerra diz que retorno de WS “desqualifica” a Assembleia e que não haverá mudanças no relatório da CPI
A volta do deputado Wilson Santos (PSDB) para a Assembleia Legislativa tem causado mal-estar entre alguns parlamentares, principalmente aqueles que defendem a aprovação do relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras da Copa de 2014. O deputado Oscar Bezerra (PSB), que presidiu os trabalhos da Comissão, afirmou que o retorno do colega “desqualifica” o Parlamento e garantiu o documento não irá sofrer alterações. O tucano pediu exoneração da Secretaria de Cidades (Secid), da qual era titular, sob a justificativa de que iria defender a retomada das obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) na Casa de Leis.

Leia mais:
Botelho rebate deputado e diz que ninguém tem poder de “patrolar” a Assembleia Legislativa

“A volta do Wilson desqualifica o Parlamento, uma vez que cabe a Mesa Diretora fazer a definição da aprovação ou não do relatório. O Wilson é do Parlamento e sabe como são as regras por aqui, ele não pode chegar patrolando esse relatório. Hoje eu tive uma conversa com o Botelho e disse a ele que não deve haver nenhuma mudança, nem de vírgula, nesse documento”, garganteou Bezerra.

O deputado criticou, ainda, o que ele chama de “mudança de posicionamento” do Governo. Segundo Bezerra, o próprio Wilson Santos – que foi membro da CPI das Obras da Copa – havia rechaçado o contrato entre o Governo e o Consórcio VLT.

“Existe, salvo engano, uma ação do próprio Governo pedindo o cancelamento do contrato e que está em curso na Justiça Federal. Agora, simplesmente eles mudaram de opinião. A CPI aconteceu paralelamente e identificou inúmeras irregularidades, ocorre que nós não vamos mudar o nosso posicionamento”, afirmou
.
“O que pode ser é reprovado [o relatório], se a maioria dos parlamentares entenderem que o relatório prejudica o Governo, mas não haverá mudança no texto. Mas nós não vamos maquiar um documento em detrimento de interesses particulares, eu acho que não pode levar por esse caminho”, completou.

De acordo com o deputado, o relatório final da CPI, que estava sendo “segurado” propositalmente pela presidência da Assembleia Legislativa, deverá ser encaminhado para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) ainda esta semana, para posteriormente ir à votação em sessão plenária. 

“O Botelho me deu a segurança que vai colocar em pauta na CCJ ainda esta semana e, provavelmente, será feita extraordinariamente para deliberar no plenário em votação. Nós queremos a nulidade absoluta do contrato e a devolução do dinheiro público ao Governo do Estado”. 

A fala de Bezerra, no entanto, contrapõe declaração feita pelo deputado Eduardo Botelho (PSB), em que admitiu a possibilidade de haver mudanças “propositivas” no documento. 

“O que nós podemos mudar são questões de propositura, de continuar a obra, continuar trabalhando com o próprio Consórcio, uma vez que se judicializar isso pode passar para até 10 anos, causando perdas para o Estado”, disse Botelho, em conversa com jornalistas nesta segunda-feira (17).

17 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Joel Matos
    19 Abr 2017 às 20:47

    Essa medida de Wilson não foi com o consentimento do governador, ele foi sem o apoio de Taques com a intenção de acelerar o processo do VLT.

  • Junior
    19 Abr 2017 às 18:32

    Deixa o galinho tentar, não era da vontade do nosso governador que ele pedisse exoneração pra voltar a AL, mas já que tomou essa decisão, que faça as coisas bem feitas!

  • Solange Nunes
    19 Abr 2017 às 18:31

    Sabemos da competência de wilson mas não era o monumento dele volta a assembleia

  • Marcelo
    19 Abr 2017 às 18:30

    Mesmo governador sabe que Wilson se da bem tanto com secretário e como deputado ele nunca apoio a ida de WiLSon a assembleia.

  • Yane Caroline
    19 Abr 2017 às 16:45

    Não é segredo que quem escolheu isso foi o próprio WS, por ser cabeça dura e querer aprovar o VLT. #VAITERVLT

  • Juninho
    19 Abr 2017 às 16:44

    É um deputado da base mas não quer ser só um enfeite, então tenta ir contra algumas vontades dos outros aliados. Mas vale lembrar : TAQUES FOI CONTRA A VOLTA DO WILSON PARA AL.

  • Lucca
    19 Abr 2017 às 16:19

    Vamos trabalhar em prol dos seus eleitores que é mais lucrativo!

  • Luillyan
    19 Abr 2017 às 16:15

    O cara até já desistiu de voltar e esse Oscar ainda está fazendo mídia com o assunto? Não tem coisas mais pertinentes para fazer não?!

  • Tatiana
    19 Abr 2017 às 16:01

    O secretário queria acelerar o processo mais todos sabe qur o governo age diferente, essa posição foi de Wilson não de Pedro

  • cesar
    19 Abr 2017 às 10:26

    A "Sossiedade" tem que reagir.

Sitevip Internet