Olhar Direto

Quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Notícias / Cidades

Procurador da AL é preso pela PM acusado de tentar esfaquear garota de programa

Da Redação - André Garcia Santana

19 Abr 2017 - 08:55

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Procurador da AL  é preso pela PM acusado de tentar esfaquear garota de programa
O advogado e procurador da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Benedito César Corrêa Carvalho, de 46 anos, foi preso acusado de tentar esfaquear uma garota de programa em seu apartamento, no bairro Araés, em Cuiabá, na madrugada desta quarta-feira (19). A vítima, L.M.A., 22, afirmou que ele ficou agressivo após usar drogas, passando a falar coisas desconexas e partindo para cima dela com uma faca.

Leia mais:
Travesti é detida acusada de roubar celular e alega que vítima não pagou programa
 
Segundo narra a ocorrência policial, a mulher conseguiu fugir e se trancar na cozinha, de onde acionou a Polícia Militar (PM). Chegando ao local os policiais ouviram seus gritos de socorro e exigiram que a porta fosse aberta, no entanto, como não foram atendidos, precisaram arrombá-la. No apartamento se depararam com o agressor segurando a arma do crime, tendo desarmado na seqüência.
 
De acordo com o boletim de ocorrência 2017131005, durante a ação, o advogado resistiu à prisão e precisou ser imobilizado e algemado. No apartamento a PM apreendeu um pino plástico e existem suspeitas de fosse cocaína. Diante da situação, acusado e vítima foram encaminhados para a Central de Flagrantes para a tomada de providências cabíveis. Ele prestou depoimento e foi liberado em seguida. 
 
A PM lavrou o BO como tentativa de homicídio e uso ilícito de drogas. Em 2011, ele também foi preso em um acusado de ameaçar duas mulheres com um revólver 38. 

A assessoria de imprensa da Assembleia Legislativa informou que vai aguardar a comprovação dos fatos para emitir um posicionamento sobre o caso. No entanto, caso a resposabilidade do crime seja atribuída ao servidor, o mesmo passará por processo administrativo, podendo sofrer sanções que chegam a exoneração. 

15 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Herold
    19 Abr 2017 às 13:44

    Cadê a Maria da Penha, só tem validade para os mais pobres da periferia?

  • Tião Bezerra
    19 Abr 2017 às 12:06

    Engraçado, com esse histórico ainda é acessórios dá AL? Que coisa viu, só podia trabalhar na casa de horrores,kkk.

  • por justiça
    19 Abr 2017 às 11:10

    este esta envolvido com coisa do satanaz enquanto ele não fazer coisas piores cadeia nele ja...

  • Gustaco
    19 Abr 2017 às 11:03

    Novamente vemos que a justiça não defende as mulheres. Esse "homem" já foi preso pelo mesmo crime, em 2011 foi preso pois estava ameaçando duas prostitutas com um revolver. A justiça solta e ele novamente comente o mesmo crime. Realmente esta bem ressocializado e pronto para conviver em sociedade. Tinha que mofoar na cadeia até aprender a virar gente.

  • Monica Bassaraba
    19 Abr 2017 às 10:27

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • RENATTUS
    19 Abr 2017 às 10:18

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Ana Paula
    19 Abr 2017 às 10:14

    Tentativa de homicídio e preso em flagrante foi solto???? Kkkkkkkkkkkkkkkkkk país NOJENTO.

  • Monica Bassaraba
    19 Abr 2017 às 10:00

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Alencar
    19 Abr 2017 às 09:58

    E aí cadê o Decoro do Funcionário Público. Cadê o Processo Administrativo ??????

  • Gleide
    19 Abr 2017 às 09:55

    Espera -se que a AL tome providencia contra este individuo, porque ja chega de tanas pessoas sem carater trabalhando pra nos, somos o povo e o povo merece respeito porqiue somos nos que damos nossos votos/aval pra esses senhores deputados e ai vao la e contratam pessoas desta categoria. Chega? Vamos ficxar de olho e cobrar

Sitevip Internet