Olhar Direto

Quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Notícias / Cidades

Procurador da AL é solto horas depois de tentar esfaquear garota de programa em apartamento

Da Redação - André Garcia Santana

19 Abr 2017 - 14:50

Foto: Reprodução/ Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Procurador da AL é solto horas depois de tentar esfaquear garota de programa em apartamento
O procurador da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) Benedito César Corrêa Carvalho, 46, foi colocado em liberdade horas depois de ser preso acusado de tentar esfaquear uma garota de programa, na madrugada desta quarta-feira (19). Ele responderá a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), já que o delegado de plantão tipificou o caso como uma infração de menor potencial ofensivo.

Leia mais:
Procurador da AL é preso pela PM acusado de tentar esfaquear garota de programa

De acordo com a Polícia Civil, o advogado responderá por posse ilegal de drogas e resistência a prisão, passando na seqüência por audiências. No boletim de ocorrência nº 2017131005, registrado pela Polícia Militar (PM), o flagrante havia sido qualificado como tentativa de homicídio doloso, uma vez que o homem foi flagrado com uma faca na mão.

A vítima, L.M.A., 22, afirmou que ele ficou agressivo após usar drogas, passando a falar coisas desconexas e partindo para cima dela com uma faca. Ela afirmou que conseguiu fugir e se trancar na cozinha, de onde acionou a Polícia Militar (PM). Chegando ao local os policiais ouviram seus gritos de socorro e exigiram que a porta fosse aberta, no entanto, como não foram atendidos, precisaram arrombá-la.

Durante a ação, o advogado resistiu à prisão e precisou ser imobilizado e algemado. No apartamento a PM apreendeu um pino plástico e existem suspeitas de fosse cocaína. Em 2011, ele também foi preso em um acusado de ameaçar duas mulheres com um revólver 38. 

A assessoria de imprensa da Assembleia Legislativa informou que vai aguardar a comprovação dos fatos para emitir um posicionamento sobre o caso. No entanto, caso a responsabilidade do crime seja atribuída ao servidor, o mesmo passará por processo administrativo, podendo sofrer sanções que chegam a exoneração. 

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • beto
    20 Abr 2017 às 08:19

    se fosse robertinodafarmacia i ja era casao.ki beleza\

  • Pepe
    20 Abr 2017 às 05:56

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Tião Bezerra
    19 Abr 2017 às 17:15

    Se fosse integrante do BBB, estaria a mídia toda em cima e com certeza estaria em cana, mas como já reincidente no crime e trabalha na AL já ta solto,kkk, país piada.

  • Angello
    19 Abr 2017 às 16:06

    Aposto que, se fosse uma pessoa pobre e menos conhecida, ja estaria presa por homicídio doloso, isso é uma vergonha... um absurdo, menor potencial ofensivo? por favor né, decisão ridícula unida a falta de profissionalismo.

  • Cuiabano
    19 Abr 2017 às 15:21

    Se fosse um pobre tava ferrado, tinha sido preso por tentativa de homicídio. Kkkkk

Sitevip Internet