Olhar Direto

Quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Notícias / Política BR

STF envia ao Planalto gravações de Michel Temer com Joesley Batista; ouça na íntegra

G1

18 Mai 2017 - 17:59

Foto: O Globo

STF envia ao Planalto gravações de Michel Temer com Joesley Batista; ouça na íntegra
O Supremo Tribunal Federal (STF) enviou no fim da tarde desta quinta-feira (18) à Presidência da República uma das gravações que integram a delação premiada da JBS. No início da noite, o conteúdo também foi liberado para a imprensa. (Ouça aqui).

Leia também:
Temer teria ajudado dono da JBS em negociatas envolvendo termelétrica de Cuiabá e Petrobrás

O arquivo de áudio tem duração de 39 minutos com conversas entre um dos donos da JBS, Joesley Batista, e o presidente Michel Temer.

As delações premiadas de Joesley e Wesley Batista já foram homologadas pelo ministro do STF Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, o que dá validade jurídica ao acordo e permite novas investigações com base nos relatos.

Além de documentos, há gravações e vídeos feitos pelos delatores e também pela Polícia Federal no caso.

Diante da intensa repercussão do assunto, o presidente Michel Temer fez um pronunciamento nesta quarta no qual declarou que não renunciará ao cargo.

Com base nas delações dos empresários, Fachin autorizou a abertura de um inquérito para investigar o presidente.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • marcos gonçalves
    19 Mai 2017 às 09:34

    Pra Quem Nâo Sabe JBS obteve R$ 12,8 bi do BNDE O grupo JBS obteve junto ao BNDES, entre 2002 e 2013, um total de R$ 12,8 bilhões em empréstimos. O levantamento é da ONG Contas Abertas, que aponta os valores que pingaram em cada uma das empresas da família Batista - que agora é alvo da Lava Jato. Foram R$ 6,6 bilhões para a JBS, R$ 2,8 bilhões para a Eldorado Celulose, outros R$ 2,7 bilhões para o Bertin, e ainda R$ 425,9 milhões para Bracol Holding Ltda e R$ 250,2 milhões para a Vigor. Isso é só dinheiro do BNDES, a custo baixíssimo. Depois de virar um gigante nacional com dinheiro público, a JBS agora vai mudar sua sede e boa parte das operações para a Irlanda.

  • ana
    19 Mai 2017 às 09:19

    Cadê os seus "irmãos"?O povo já acordou, nós jovens não nos interessamos em nos fantasiar e ainda dar dinheiro a uma cambada de atoa que se reúnem as portas fechadas para contemplar símbolos, musicas e essa baboseira toda para enganar os bestas que almejar ingressar nessa "organização" criminosa , um bando de estelionatários, e que assim que ingressam, as pessoas de bem, descobrem que na verdade será um peão e terá que carregar esses inúteis nas suas costas para o resto de sua vida, caso contrário ele ficam de mal de você, hehehehe,esse caboclo que governa o país é um dos integrantes disso. Abaixo a essa organização, não precisamos desse grupinho atrasado que só pensam em si, e não no povo, evitem essas pessoas, são um bando de interesseiros, e só querem te usar, assim como o Presidente fez, o cara se reuniu com o seu grupinho criminoso às portas fechadas, e manipulou toda a população e a mídia pois infelizmente esses irmãos estão em todos os lugares, e infelizmente são muitos e esses bestas acham que estão fazendo o bem, mas sim estão sendo usados. Nós não precisamos deles, e o país deveria proibir essa cambada em assumir qualquer cargo no poder público, são um atraso, só assim para o Brasil ir para frente,e o pior que esses irmãos não tem critério algum para se tornar um de seu

  • Linda
    18 Mai 2017 às 23:27

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet