Olhar Direto

Segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Notícias / Política MT

PEC de Janaina Riva e Maluf geraria R$ 500 milhões para salvar atuação do governo Taques na Saúde de MT

Da Redação - Ronaldo Pacheco

18 Jun 2017 - 08:00

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

PEC de Janaina Riva e Maluf geraria R$ 500 milhões para salvar atuação do governo Taques na Saúde de MT
Após duas semanas de relativa calmaria, os bastidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso voltou a ter agitação considerável, justamente por conta da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que asseguraria cerca de R$ 500 milhões nos próximos anos, para contribuir com  a salvação da gestão do governador José Pedro Taques (PSDB), na administração da saúde estadual. O curioso é a autoria da PEC: a deputada estadual Janaina Riva (PMDB), uma das principais líderes da oposição ao governo Taques, tendo como co-autor o deputado Guilherme Maluf (PSDB), primeiro secretário da Assembleia Legislativa, e aliado do governador.
 
A Emenda Constitucional prevê o aumento dos repasses constitucionais do governo do Estado para a Saúde, caso seja aprovada, oferecendo condições de acrescentar até R$ 500 milhões aos investimentos, neste  setor crucial do Estado, entre aos anos de 2019 e 2024.

Leia mais:
Janaína Riva diz que Silval Barbosa cumpriu mandato pelo PMDB e cita que parte da base de Taques era governista
 
“Pensamos no Poder  Executivo e em como podíamos fazer para acrescer o orçamento sem prejudicar as receitas estaduais. Os municípios têm investido em média 30% do seu orçamento na Saúde, enquanto o estado as vezes não chega a 12%”, explicou a parlamentar peemedebista.
  
A PEC foi aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final da Assembleia Legislativa e agora segue para votação em plenário.  Caso seja aprovado, prevê que à partir de 2019 o governo do estado deve acrescer em 0.05% (meio por cento) ao orçamento da Saúde, até que chegue em 15% em 2024.
 
“Fizemos um cálculo simples baseado na Receita Corrente Líquida atual, mas é obvio que em 2019 e nos anos seguintes ela já será maior e por conseqüência os valores serão outros”, argumentou ela. “Com os 0.05% de 2019 já teríamos um acréscimo no orçamento de R$ 80 milhões; Em 2020 seriam R$ 160 mi; para 2021 R$ 240 mi; Em 2022 R$ 320 milhões;Em 2023 seriam 400; E finalmente em 2024 aumentaria em R$ 480 milhões os investimentos na Saúde”, justificou Janaína.
 
A parlamentar do PMDB entende que a PEC representa parte das medidas definitivas que precisam ser tomadas  para resolver de vez a questão orçamentária da saúde em Mato Grosso.
 
"O que não dá mais é para ficar enxugando gelo e deixar a situação chegar ao limite para tentar resolver. Precisamos de medidas efetivas e definitivas para resolver de vez o problema", complementou Janaína. O seu pai, ex-deputado José Geraldo Riva, foi um dos recordistas em apresentação de projetos de lei e emendas constitucionais, durante 20 anos, no Poder Legislativo de Mato Grosso.

6 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Marcos
    19 Jun 2017 às 08:46

    Ninguém propõe uma emenda para reduzir as verbas que o legislativo recebe, ajudaria bastante outras áreas, se acabassem com a farra de cargos e verbas indenizatórias. Políticos saem caro demais para o Brasil.

  • Paula
    19 Jun 2017 às 06:02

    Equipe do olhar direto... por favor né... querem ibope??? Vigorar em 2019. Boca de urna?? Governador se candidatou à reeleição já foi eleito? Maquina do tempo? Um dia tive respeito por este site... hoje é mais do mesmo como todos os outros... precisa de sensacionalismo na chamada pra atrair os leitores ? Minha gente conteúdo é um bom editorial chama atenção... sensacionalismo dos haiters de plantão.......

  • Felipe
    18 Jun 2017 às 21:20

    Interessante, talvez ações como essa meu conceito sobre a nobre deputada pode vir a mudar.

  • Bruno
    18 Jun 2017 às 16:51

    Isenções fiscais que beiram a quatro bilhões para o agronegócio, passa a impressão que se trata de uma crise provocada.

  • Cabeça de pacu
    18 Jun 2017 às 12:15

    Deixa as mágoas do lado. Pelo povo deputados ajuda .o Governador não é Pedro Taques. Mais pelo povo

  • De Olho
    18 Jun 2017 às 09:09

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet