Olhar Direto

Quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Notícias / Cidades

Suspeita de arrastar agrônomo em avenida de Cuiabá o denunciou por assédio

Da Redação - Isabela Mercuri

15 Jun 2017 - 15:17

Foto: Arquivo Pessoal

Pedro Paulo

Pedro Paulo

A suspeita de atropelar e arrastar o agrônomo Pedro Paulo Moura na Avenida Isaac Póvoas na última sexta(9) foi identificada pela Polícia Judiciária Civil (PJC) após informações levantadas junto às testemunhas. Ela registrou, ainda, um Boletim de Ocorrência alegando que tinha sido agredida por ele dentro da boate Valley Pub.

Leia também:
Agrônomo atropelado em saída de boate está em estado crítico no Pronto Socorro

De acordo com informações da assessoria da PJC, no entanto, a suspeta só será ouvida depois que forem ouvidos as testemunhas e a própria vítima. Paulo continua internado no Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.

Paulo foi arrastado pela avenida e atropelado por um Corolla de cor preta às 5h da manhã de sexta-feira (9). Ele teve o pulmão perfurado e uma costela quebrada durante o ocorrido, e continua internado.

Quem registrou o Boletim de Ocorrência (BO) foi a mãe da vítima, e, na ocasião, ela exigiu as imagens de câmeras de segurança para identificar a suspeita. A Polícia, no entanto, iria ter acesso a essas imagens, de comércios da região, na última quarta-feira (14). 

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Alex sandro
    16 Jun 2017 às 08:34

    Esse lugar é uma blz ... só acontece baixaria... só olhar os jornais na segunda feira que sempre tem uma baixaria ou um crime... alto nível.

  • Marielen Camargo
    15 Jun 2017 às 23:48

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet