Olhar Direto

Sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Notícias / Política MT

Pinheiro sanciona hoje criação da SEC 300; proposta é alvo de petição e criticada por vereadores

Da Redação - André Garcia Santana

12 Jul 2017 - 14:50

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Pinheiro sanciona hoje criação da SEC 300; proposta é alvo de petição e criticada por vereadores
Sob críticas de vereadores e de uma parcela da população, a criação da Secretaria Municipal Extraordinária Cuiabá 300 anos (SEC 300) será sancionada pelo prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) na tarde desta quarta-feira (12). Durante visita ao estádio Dutrinha, realizada no início da manhã, ele evitou falar sobre a escolha do secretário, mas ressaltou que a pasta contará com equipe e orçamentos enxutos. Uma petição pública online está colhendo assinaturas para que a decisão seja revogada.

Leia mais:
Vereadores rechaçam criação de Secretaria especial para o aniversário de Cuiabá: “estrutura dispensável”
 
“Eu nem anunciei o nome dele ainda, só a partir disso vou estar disponível para responder todas as perguntas. O que pretendemos com a criação desta pasta extremamente enxuta é articular todas ações, obras, projetos e festividades visando a Cuiabá dos 300 anos, então é um projeto muito lindo e muito amplo. A partir disso a sociedade vai entender melhor a função do projeto e desse estrutura, que é necessária, “ disse.
 
Por meio da Petição Pública, quase 600 assinaturas de cidadãos que discordam da novidade foram colhidas até a publicação desta matéria. “Os cuiabanos não querem mais uma secretaria para servir de cabide de emprego! Queremos escolas, postos de saúde, ruas asfaltadas! Queremos respeito ao dinheiro dos nossos impostos! Abaixo a Sec300, a secretaria de festa dos apadrinhados!”, explica a descrição do documento.
 
De acordo com o projeto, a futura pasta será assumida pelo próprio prefeito e contará com uma estrutura mínima de 16 cargos, não possuindo orçamento próprio. A Sec 300, segundo Emanuel, atuará pontualmente em iniciativas práticas que promovam melhorias estruturais em todas as esferas vinculadas ao crescimento de Cuiabá.
 
A proposta foi enviada para a Câmara Municipal na última semana, sendo aprovada por 20 votos contra três. Em resposta ao prefeito, os vereadores contrários sugeriram a concepção de uma coordenadoria, ou que o comitê já existente fique sob a responsabilidade do Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (IPDU). Com isso, segundo os parlamentares, não haveria aumento nas despesas, somente um remanejamento de profissionais.
 
Há, no entanto, os que se colocam a favor. Entidades representativas de Cuiabá como a Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC), o Grupo de Líderes Empresariais de Mato Grosso (Lide-MT), e a União Cuiabana de Moradores de Bairro de Cuiabá apoiaram publicamente a iniciativa da gestão municipal.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Pinga Fogo
    12 Jul 2017 às 17:14

    Emanuel Pinheiro ou EP = E .spere por minhas P. romessas sentado ... Mistério desvendado. Assim o chamam. Emanuel Promessa ...

  • Alessandra
    12 Jul 2017 às 15:56

    Esse prefeito age como um menino mimado quando quer um brinquedo. Está vendo todo o movimento contrario mas quer insistir nessa aberração que a criação dessa secretaria. Quem viver, verá a prefeitura sendo quebrada por esse ato inconsequente e irresponsável.

Sitevip Internet