Olhar Direto

Quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Notícias / Picante

Transparência selecionada

Por transparência, TJ negou arquivamento da notícia-crime contra MP, mas interrompeu a transmissão de julgamentos de processos em face de juízes

Da Redação

13 Jul 2017 - 18:00

O Pleno Tribunal de Justiça de Mato Grosso negou nesta quinta-feira (13) o arquivamento da notícia-crime que busca investigar membros do Ministério Público no caso dos grampos. Para os desembargadores, é preciso manter os autos no Judiciário sem restrição sigilosa, para que haja transparência sobre o exame das interceptações telefônicas ilegais recentemente denunciadas. Ora, transparência selecionada. Ocorre que, neste mesmo dia 13 de julho, o mesmo Pleno, em sessão administrativa ocorrida durante expediente matutino, interrompeu seguidamente a transmissão de julgamentos de processos administrativos em face de juízes. Na ocasião, foi divulgada a seguinte frase: “Segredo de Justiça”. Onde está o princípio da isonomia pregado pelos digníssimos magistrados? 

Mais Picantes

Sitevip Internet