Olhar Direto

Quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Notícias / Picante

Cadeia e dor no bolso

O plano de combate e prevenção às queimadas 2017 recebeu investimento de R$ 3 milhões

Da Redação

15 Jul 2017 - 09:45

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Cadeia e dor no bolso
Desde a zero hora deste sábado (15)  está valendo o período restritivo ao uso do fogo para limpeza e manejo de áreas rurais em Mato Grosso, com término previsto para 30 de setembro, pondendo ser prorrogado em 30 dias ou mais, dependendo das condições climáticas. E quem violar vai sentir também a dor no bolso. Para quem desrespeitar a proibição, o crime possui pena de seis meses a quatro anos de prisão, com autuações que podem variar entre R$ 7,5 mil e R$ 1 mil (pastagem e agricultura) por hectare. Nas áreas urbanas, promover queimada é crime o ano inteiro. Até julho deste ano, Mato Grosso registrou 6.151 focos de calor. O Plano de combate e prevenção às queimadas 2017 recebe investimento de R$ 3 milhões, na estrutura de prevenção e resposta, o dobro do ano passado e cerca de sete vezes superior ao que foi empregado em 2014. Como preconiza um velho adágio popular, prevenir sempre é melhor que remediar.
 
 

Mais Picantes

Sitevip Internet