Olhar Direto

Sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Notícias / Cidades

Efetivo de agentes de trânsito em Cuiabá é 88% menor que o ideal, afirma presidente de Sindicato

Da Redação - Vinicius Mendes

31 Jul 2017 - 18:00

Foto: Vinicius Mendes / Olhar Direto

Efetivo de agentes de trânsito em Cuiabá é 88% menor que o ideal, afirma presidente de Sindicato
O presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito e Transporte de Cuiabá (Sinattrac), João Bosco Campos, afirmou que o número de profissionais que atuam na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de Cuiabá, é muito abaixo do ideal. O Código de Trânsito Brasileiro pede que para cada mil veículos que circulam na cidade, pelo menos um agente de trânsito atue. Ao Olhar Direto, Campos disse que Cuiabá opera com um efetivo de apenas 12% do ideal.

Leia mais:
Câmara de VG resiste em revogar moção de repúdio contra Guarda Municipal
 
João Bosco é agente de trânsito há cinco anos e é presidente do Sinattrac há três. De acordo com ele, nas ruas da Capital, apenas 179 agentes trabalham. A previsão é de que no próximo ano seja realizado um concurso para a contratação de mais profissionais. De acordo com o Detran, Cuiabá possui uma frota de pouco mais de 410 mil veículos. 

“Pra este ano não tem, porque estamos em inicio de gestão. Mas em cobrança com o secretário, ele disse que está pensando para daqui um ano, se com as contas da prefeitura permitirem estiver tudo certo, porque é necessário, e ele tem que obedecer o que manda o Ministério Público, essa quantidade necessária, porque senão você sacrifica o agente, que não é máquina”, disse Campos.

Campos disse que os “amarelinhos”, como são popularmente conhecidos os agentes da Semob, trabalham divididos em três turnos: das 6h às 12h, das 12h às 18 e um das 17h até 23h. Ele acredita que se o efetivo fosse maior, menor seriam os problemas no trânsito.

“Aqui nós estamos com 12% do efetivo que deveria ser. A nossa capital é extensa, quanto mais agentes nas ruas pra ver os problemas reduziria bastante. E com esse efetivo bem reduzido, tem que trabalhar muito mais, e ás vezes a gente fica sobrecarregado, então seria bom um concurso”, afirmou.

O presidente afirmou que os amarelinhos fazem um trabalho importante, e que sua função é manter o bom funcionamento das vias da cidade.

“A função do amarelinho é a fiscalização do trânsito. Assim como tem o policiamento ostensivo, da própria policia, tem o policiamento de transito. A nossa intenção é manter a qualidade das vias em funcionamento, mas se a gente pensar só deste lado, onde não têm a punição, que prevê o Código de Trânsito, ninguém obedece”.

De acordo com ele, os amarelinhos não ganham comissão por multa aplicada. Ele afirma que não existe “indústria da multa” em Cuiabá.

“As multas, até por uma questão que o Ministério Público adotou ano passado, não é vinculada a nenhuma pontuação. As pontuações que existem não são relacionadas a multas e sim a serviços prestados ao munícipe, ao motorista, por exemplo, quando tem intervenção de obras, quando tem um semáforo com problemas. Então quando há multa, é porque houve necessidade de fazer o que manda a lei, e se a gente não fizer isto a gente está prevaricando”.

Campos explica que caso o agente não faça a autuação, ele próprio pode ser punido.
“Cada um dos agentes que saem daqui, tem a sua ordem de serviço, a localidade que ele vai abranger. Então naquele setor ele pode até ser responsabilizado por uma falha, de não fiscalização, se der qualquer problema cai sobre aquele agente. Mas em nenhum momento é recebido algum tipo de vantagem por multas, acrescentado ao nosso salário”, afirmou.

O presidente também falou das dificuldades que os agentes encontram em seu trabalho. Além do calor, muitas vezes têm que lidar com vítimas de acidentes ou motoristas irritados.

“Quando a policia sai para fazer o policiamento, ela sabe que vai mexer com bandido. O agente de transito não sabe, ele pode encarar qualquer um na rua e ser desacatado. Acontecem muitas agressões, desacato verbal, essas coisas. E os policiais andam armados, o agente de trânsito não. Até por isso que estamos pedindo que seja oferecido atendimento psicológico, pelo que enfrentamos diariamente”.

João Bosco reforça que a função dos amarelinhos é de apenas manter a ordem no trânsito, e que se houve infração, deve ser autuada, independente de quem seja.

“Na polícia, eles adoram fazer blitz com a gente, porque com a gente ninguém passa a mão na cabeça. Se aparecer um coronel, por exemplo, a gente vai autuar, e eles ficam com raiva porque nós não somos militares, não respondemos a eles. Com políticos é a mesma coisa, porque lei é lei em qualquer lugar, pra qualquer um. E se o munícipe não concordar, ele pode entrar com recurso, da certo sim, se você não errou dá certo, mas se cometeu infração não tem como também”.

18 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Benedito
    03 Ago 2017 às 09:05

    O PAPEL DO FISCAL DE TRÂNSITO É FISCALIZAR AS INFRAÇÕES DE TRÂNSITO. SIMPLES! DOA A QUEM DOER. SE VOCÊ ANDA COMETENDO INFRAÇÃO E FOR FLAGRADO POR UM DOS FISCAIS, ELES TEM POR OBRIGAÇÃO AUTUÁ-LO. NÃO CONSIGO ENTENDER A DIFICULDADE QUE SE VÊ NISSO TUDO. EM CUIABÁ NÃO EXISTE GRANDES CONGESTIONAMENTOS. EM VISTA DE OUTRAS CIDADES DO PAÍS, AQUI É UMA MARAVILHA! VÁ PRA SP, RJ... E VERÁ O QUE É CONGESTIONAMENTO DE VERDADE.

  • Joaquim
    01 Ago 2017 às 10:43

    Como dito antes, nunca vi um agente desses auxiliando o trânsito. Aliás eles nem sabem o que é isso. Não tem nenhuma noção de fluxo de tráfego nem d e nada. Gostam mesmo de ficar lá no SMTU, matand moscas e o tempo. Põe esses malandros na rua para ajudar as pessoas e não ficar multando indevidamente. Está cheio de bitrem rodando pela cidade durante o dia e nunca vi nenhum m ser multado.

  • Victor Hugo
    01 Ago 2017 às 10:23

    Mais efetivo? Pra quê? Pergunto para todos aqueles que querem concurso: da onde vocês acham que sairá o dinheiro do pagamento dos novos concursados? Sim, isso mesmo, do governo. E o dinheiro do governo, vem de onde? Exatamente, dos impostos. É necessário lembrarmos que o Estado não gera riqueza, gera apenas impostos, custos. Precisamos diminuir a máquina pública. É interessante ver pessoas irritadíssimas com preço dos combustíveis, com todos os impostos que pagam... no outro dia estão louco pra fazer concurso e ter a tão sonhada "estabilidade". Ou são burros, ou de fazem de! Estabilidade é pra quem está mais velho amigos, estamos em tempos de arriscar. Ou arrisquemos agora, ou nunca. Porque com mais de quarenta anos, aí sim, precisamos buscar a estabilidade.

  • Samantha
    01 Ago 2017 às 09:27

    Não entendo... em 2015 foi feito concurso pra isso e ainda assim eles não tem gente pra trabalhar????fala sério

  • Augustus
    01 Ago 2017 às 09:19

    O que existe é uma RECOMENDAÇÃO do DENATRAN de 1 agente de trânsito para cada 1000 mil veículos, baseada no Plano Nacional de Prevenção de Acidentes e não previsão legal como diz o presidente da SINATTRAC é sim uma meta a ser implementada em 20 vinte anos que sequer ocorreu.

  • Edi
    01 Ago 2017 às 09:14

    Cargo totalmente desnecessário, pois acham que a função deles é somente aplicar multas, pois quando precisam organizar o trânsito, desaparecem, tanto que hj nem trabalhar nas ruas não querem mais, ficam atrás das câmeras penalizando os motoristas, na maioria das vezes indevidamente, pois excesso de velocidade e ultrapassagem em sinal vermelho já possui os monitores eletrônicos. Nunca vi um amarelinho ajudando a organizar o trânsito em horário de pico, principalmente nas rotatórias e vias de grande fluxo.

  • Leonardo
    01 Ago 2017 às 08:46

    Pra que aumentar gastos com contratação de amarelinhos???? Eles só servem pra multar, orientar o transito que é bom nada. São inúteis.

  • cal
    01 Ago 2017 às 08:10

    mais um bla bla bla de sindicato... são 120 agentes ... ande pelas ruas de Cuiabá .. raríssimas vezes se vê um ... fim de semana não funciona , pode cansar de ligar . pode ter certeza que em tão pouco tempo de existência já deve ter uma boa turma dependurada em liçença ...

  • antonio joao
    31 Jul 2017 às 21:53

    quero saber se esses amarelinhos estao ganhando pra proteger donos de stacionamentos ali perto do hospital santa rosa porque ali ficam dois deles rondando o tempo inteiro para multar quem estacionam fora dos estacinamentos particulares acho que os donos dos estacinamentos estao pagando pra eles entimidarem as pessoas e obrigarem a entraeem nos estacionamentos enquanto isso o centro da cidade fica desguarnecida eu pja presenciei isso muitas vezes estao multando onde nao existem placas de proibido estacionar

  • Marcelo - pagador de impostos
    31 Jul 2017 às 21:23

    ESSE CALCULO NÃO BATE, UMA VEZ QUE POLICIAIS MILITARES TAMBÉM EXERCE FISCALIZAÇÃO DE TRANSITO.

Sitevip Internet