Olhar Direto

Terça-feira, 19 de setembro de 2017

Notícias / Ciência & Saúde

Quase sete mil pessoas recebem atendimento oftalmológico na 8ª Caravana

Da Redação - Patrícia Neves

08 Ago 2017 - 10:09

Foto: Francisco Alves/Gcom-MT

Quase sete mil pessoas recebem atendimento oftalmológico na 8ª Caravana
Após uma semana de realização, a Caravana da Transformação encerrou, nesta segunda-feira (7), os procedimentos de consultas e exames oftalmológicos. Neste período, 6.950 pessoas receberam atendimento em Barra do Garças (515 a Nordeste de Cuiabá), município-sede da oitava edição. A partir desta terça-feira (8) até a próxima sexta-feira (11), apenas cirurgias agendadas serão realizadas no evento.

Leia mais:
Estado já realizou mais de 1.500 cirurgias na oitava Caravana da Transformação

Somente nesta segunda-feira, 434 pessoas passaram por cirurgia de catarata. Com este quantitativo, o Estado chega a 2.402 olhos operados nesta Caravana e mais de 23 mil cirurgias realizadas desde a primeira edição, que ocorreu em Barra do Bugres, em julho do ano passado.

“A Caravana de Barra do Garças tem sido um grande aprendizado para a realização das caravanas maiores que planejamos fazer daqui para frente. Os números já nos diziam desde o início que teríamos que montar uma megaestrutura para receber a população e fechar a região do Araguaia com chave de ouro, e assim estamos fazendo”, disse o coordenador-geral da Caravana e secretário de Estado do Gabinete de Governo, José Arlindo de Oliveira.

Ainda conforme o Governo do Estado, também já foram realizados nesta edição mais de 38 mil procedimentos oftalmológicos, que é a somatória de tudo que é realizado no atendimento: consultas, exames e cirurgias.

“Um só paciente pode passar por pelo menos cinco exames oftalmológicos, caso seja diagnosticado com catarata. Por isso, cada um desses procedimentos é de suma importância. Até a sétima edição, tínhamos realizado mais de 245 mil procedimentos, o que mostra a dimensão do atendimento oftalmológico da Caravana”, explicou a coordenadora de Saúde da Caravana, Simone Balena.

Além de Barra do Garças, também foram atendidos os municípios de Água Boa, Araguaiana, Bom Jesus do Araguaia, Campinápolis, Canarana, Cocalinho, Gaúcha do Norte, General Carneiro, Nova Nazaré, Nova Xavantina, Novo São Joaquim, Pontal do Araguaia, Ponte Branca, Querência, Ribeirãozinho, Ribeirão Cascalheira e Torixoréu. Também houve atendimento a pacientes de outros estados, como Rondônia e Goiás.

Recomendações

Todos os pacientes que vão passar por cirurgias recebem um material explicativo com recomendações pré e pós-cirúrgicas. Não usar cremes e maquiagens, se alimentar bem, lavar bem a cabeça e o rosto, fazer a limpeza dos cílios, levar acompanhante e fazer uso de medicações são algumas das orientações que precedem a cirurgia.

Evitar movimentos bruscos e pegar peso, lavar bem as mãos antes da utilização do colírio, utilizar o colírio conforme recomendação médica, evitar ambientes contaminados (em especial locais com poeira, aglomeração de pessoas e poluição, usar somente lenços descartáveis, não esfregar os olhos, comparecer aos atendimentos pós-operatórios, e utilização dos óculos por 30 dias são algumas das recomendações após o procedimento pós-operatório.

Acompanhamento

Após passar por cirurgia, o Estado garante o acompanhamento do paciente pelos atendimentos pós-operatórios. O primeiro é realizado 24 horas após a cirurgia, o segundo, uma semana depois e o terceiro, 30 dias após. Em Barra do Garças, os atendimentos estão sendo realizados na Escola Municipal Deputado Norberto Schawantes, próxima à Vila Olímpica, a partir das 6h.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • marta
    09 Ago 2017 às 07:44

    Essas cirurgias são populismo e politicagem barata. depois falam do Lula. A obrigação do governador e direito do povo é ter este serviço continuamente nos hospitais de suas cidades e tambem na capital. Quantas pessoas estão aguardando a anos por cirurgias e não tem. Como que pra fazer politicagem os equipamentos e médicos aparecem, e de primeira.

  • FELICIDADE ALMEIDA QUEIROZ
    09 Ago 2017 às 05:23

    Realmente e uma megaestrutura um evento que nunca tinha visto outro igual, só achei muito falha na entrada principalmente os primeiros dias era uma coisa de louco, cheguei a quase desistir, só continuei com ajuda de amiga para o transporte . depois que você consegue entrar o atendimento e excelente fiz cirurgia de um olho e dia 11 esta marcado para fazer o outro uma bença vou voltar enxergar normalmente estou muito feliz

  • Zeca
    08 Ago 2017 às 13:11

    Senhor governador a população quer coisas concretas chega de paleativos.

Sitevip Internet