Olhar Direto

Sábado, 21 de outubro de 2017

Notícias / Picante

Bem de Perto

Ministro do STJ pede informações ao TJMT sobre as investigações dos grampos

Da Redação

11 Ago 2017 - 08:40

Foto: Rogério Florentino Pereira/OD

Bem de Perto
O Ministro do Superior Tribunal De Justiça (STJ), Reynaldo Soares da Fonseca, responsável pela soltura do ex-chefe da Casa Civil de Mato Grosso, Paulo Taques, na noite de ontem (10), pretende acompanhar bem de perto os andamentos das investigações sobre os grampos no Estado. Em sua sentença, ele intimou o TJMT a fornecer “informações pormenorizadas, especialmente sobre os processos que ensejaram a apontada conexão e respectivas pessoas com foro privilegiado por prerrogativa de função, bem como acerca dos fatos específicos que ainda demandam investigação em relação a tais pessoas”. A defesa de Taques, no HC, chegou a apelar contra a competência do desembargador Orlando Perri em conduzir as investigações dos grampos no TJMT, alegando inexistir “conexão” entre as investigações. Prudente, Fonseca declinou de julgar a apelação, sem muito conhecimento dos fatos. “É inviável deliberar acerca da suscitada ausência de conexão, porquanto tal providência demanda aprofundado exame dos autos".

Mais Picantes

Sitevip Internet