Olhar Direto

Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Notícias / Picante

Unidos para baratear

Sem dúvida, a saúde pública é o setor que mais provoca angústia, no cidadão mato-grossense

Da Redação

13 Ago 2017 - 07:51

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Lucimar Campos tem investido quase 30% do orçamento de Várzea Grande na área de saúde

Lucimar Campos tem investido quase 30% do orçamento de Várzea Grande na área de saúde

Em meio a tantas notícias de manobras poucos republicanas, merece elogios a união das Prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande para a criação do Consórcio Intermunicipal de Saúde, o que tende a resultar em economia superior a 30% na aquisição de medicamentos convencionais e de médio custo. O processo tem aval do Ministério Público do Estado, que convenceu os prefeitos Emanuel Pinheiro (PMDB), de Cuiabá, e Lucimar Sacre de Campos, de Várzea Grande, a firmar a parceria das duas maiores cidades de Mato Grosso. Assim, vão desburocratizar, padronizar e melhorar a compra de medicamentos, insumos e serviços de saúde. É certo que a saúde pública é o setor que mais provoca angústia, no cidadão mato-grossense, e a carência de remédios é latente, no cotidiano. Dentre as dificuldades dolorosas enfrentadas pela saúde, vale registarr, está a  oferta de medicamentos. A expectativa é de que, alem de reduzir custos, a união de esforços entre Cuiabá e Várzea Grande resulte em melhorias genuínas que reflitam para bem comum. 

Mais Picantes

Sitevip Internet