Olhar Direto

Segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Notícias / Política MT

Diego Guimarães pede que OAB de Mato Grosso acompanhe processo de delação de ex-governador

Da Redação - Érika Oliveira

06 Set 2017 - 15:20

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Diego Guimarães pede que OAB de Mato Grosso acompanhe processo de delação de ex-governador
O vereador por Cuiabá, Diego Guimarães (PP), enviou um ofício à Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso, solicitando que o órgão acompanhe de perto o andamento na Justiça do processo relativo à delação premiada do ex-governador Silval Barbosa (PMDB). O processo tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) e envolve uma série de políticos do Estado, incluindo o prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (PMDB).

Leia mais:
Convite para Emanuel explicar vídeo de delação de Silval é indeferido na Câmara

“Nós enxergamos a Ordem dos Advogados do Brasil como uma entidade que luta na defesa do regime democrático, no combate às injustiças e que é porta voz da sociedade, sempre ativa nos momentos históricos vivenciados em nosso país e nosso Estado. Sendo assim, decidimos protocolar este documento em nome de toda a população mato-grossense, que clama para que as investigações sejam conduzidas de forma célere, responsável e justa, com a consequente punição aos malversadores do dinheiro público”, justificou o vereador.

O vereador revelou, ainda, que fez a solicitação à OAB, pois acredita que os órgãos representantes de classe não podem e nem devem ficar de braços cruzados diante de tantos escândalos que têm sido noticiados na mídia nacional, envolvendo políticos mato-grossenses.

Em seu acordo de colaboração premiada, firmado com a Procuradoria-Geral da República (PGR), Silval Barbosa revelou uma série de esquemas de corrupção e desvios de dinheiro público durante praticamente todos os anos em que esteve à frente de cargos públicos.

Entre os delatados está o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, que foi filmado pelo chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), Sílvio César Correa, colocando maços de dinheiro nos bolsos do paletó. Os valores, conforme narrou o ex-governador em seu acordo de colaboração premiada, seriam referentes ao “mensalinho” que era pago a deputados estaduais, a fim de garantir apoio ao Governo.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Luis Fernando
    06 Set 2017 às 19:34

    Parabéns vereador Diego, conte com nosso apoio e aprovação pela sua brilhante iniciativa.

Sitevip Internet