Olhar Direto

Terça-feira, 19 de setembro de 2017

Notícias / Política MT

Botelho diz que irá dissolver Comissão de Ética caso haja provas contra deputados delatados

Da Redação - Érika Oliveira

08 Set 2017 - 08:20

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Botelho diz que irá dissolver Comissão de Ética caso haja provas contra deputados delatados
Depois de dizer que não irá punir nenhum de seus colegas delatados pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB), antes que hajam “provas concretas” do envolvimento de cada nos esquemas revelados pelo peemedebista, o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB), afirmou que irá dissolver a Comissão de Ética – composta por cinco dos deputados citados por Silval – caso tais comprovações apareçam.

Leia mais:
- Botelho assegura que nunca houve mensalinho e que sem provocação não pode punir quem foi filmado por Silval
- Saiba porque 15 dos 24 deputados estaduais com mandato vigente estão na delação de Silval Barbosa

“Essa é uma decisão que vai ser tomada caso seja necessário, no momento certo. Vai ser substituído o membro que tiver [envolvimento comprovado nos esquemas]”, limitou-se a dizer o deputado, que também foi citado na delação de Silval Barbosa.

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa é composto pelos deputados Pedro Satélite (PSD), Saturnino Masson (PSDB), Oscar Bezerra (PSB), Silvano Amaral (PMDB) e Janaina Riva (PMDB). Entre os titulares, somente Saturnino e Janaina não foram delatados pelo ex-governador.

Além de Oscar, Pedro Satélite e Silvano, são membros suplentes da comissão, os deputados Nininho (PSD), Guilherme Maluf (PSDB) e Romoaldo Júnior (PMDB). Todos eles também foram citados por Silval Barbosa em seu acordo de colaboração premiada, firmado com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

O Código de Ética da Assembleia diz ser fundamental que o deputado não receba “vantagens indevidas, tais como doações, benefícios, ou cortesias de empresas, grupos econômicos ou autoridades públicas”.

No caso de o Conselho de Ética da Assembleia – o mesmo que é composto pelos deputados delatados - reconhecer a denúncia contra os deputados e dar sequência, o processo segue para Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), responsável por analisar o ingresso de tudo que chega com necessidade de passar pelo plenário.

“E aí a CCJ decide se dá continuidade. Por enquanto, não temos nada de concreto. E são atos da legislatura passada. Assim, cabe a nós aguardar [que ocorra ou não alguma denúncia formal]”, justificou Botelho.

Eduardo Botelho disse que conversou com todos os deputados citados na delação do ex-governador Silval Barbosa, inclusive os filmados recendo dinheiro. Porém, afirmou que, enquanto as provas – documentadas – não chegarem em suas mãos, vai continuar convocando os colegas para os trabalhos cotidianos da Assembleia, principalmente sessões plenárias.

 

21 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Mariazinha
    10 Set 2017 às 08:39

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Jorge
    10 Set 2017 às 07:22

    Que um conselho, corre que já passou da hora.

  • Pesro
    09 Set 2017 às 11:58

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • MAria
    09 Set 2017 às 08:52

    Casa da impunidade!

  • AURENIL Delicia SILVA Moraed
    09 Set 2017 às 01:38

    Gostaria muito de dizer que o senhor Botelho somente não está na do.Gem mas que bancou várias ajudas no Estado agente até porque nós temos sua empresa trabalhando em nosso estado principalmente na capital com carros velhos sera que não existe outras empresas sérias que ganham licitações fika á dika

  • AURENIL Delicia
    09 Set 2017 às 01:33

    Peço desculpa a Vossa Excelência mas o senhor está comendo de dizer á real á esses excelentisso cúmplices pois se anda na cidade e do vê a empresa do senhor trabalhando na cidade será excelência q existe somente sua empresa não se uma diferente na cidade velo isso como políticas da cumplicidade finjo q não vejo e vcs finje que a nossa Assembleia e Câmara Minipal já é a casa da moeda suas vcs somente aparece nos bairros á cada 4 anos moto no Bairro Parque Marina não vejo Gerador e muitos menos DEPUTADOs e um bairro com tanta dificuldade mas faremos tudo que nosso rei mandar PTqs

  • Juliano
    08 Set 2017 às 21:25

    Tem o dever de agir de ofício sob pena de prevaricação

  • Eduardo
    08 Set 2017 às 18:35

    Que isso dep. Botelho . Vc tá achando que o povo MT É BOBO . TAPADO??? MAIS respeito aos eleitores.

  • Cezar Augusto Lima do Nascimento
    08 Set 2017 às 16:52

    O que quer mais cidadão, as imagens não são suficiente. O fato é que V.Exa., também compõe a lista do propinoduto, e da mesma forma que os demais colegas federais e municipais, não se deve deflagrar investigações se a causa própria poderá ser desagastada, quiçá algo mais grave.

  • Cuiabano
    08 Set 2017 às 11:12

    Demagogia tem limite sr presidente!

Sitevip Internet