Olhar Direto

Sábado, 23 de setembro de 2017

Notícias / Picante

Faro jornalístico

Deputado diz que usou experiência profissional para não aceitar “presente de grego" de Silval

Da Redação

13 Set 2017 - 09:23

Foto: Reprodução

Faro jornalístico
O deputado estadual Wagner Ramos (PSD), filmado em suposta negociação de propina com o filho de Silval Barbosa (PMDB), reafirmou que foi vítima de uma armação e que nunca soube da existência de um “mensalinho” na Assembleia Legislativa. O deputado contou, em conversa com jornalistas, que só não apareceu nas filmagens feitas por Silvio César Corrêa – que gravou a entrega de dinheiro a parlamentares – graças ao seu “tino de jornalista”. Segundo Ramos, Silval estaria oferecendo um “presente” aos deputados, com o intuito de atraí-los para o que ele classificou como uma “emboscada”. “Era um presente para os deputados, muito caíram, mas o meu tino de jornalista me fez perceber que tinha algo de errado”, garantiu.

Mais Picantes

Sitevip Internet