Olhar Direto

Sábado, 16 de dezembro de 2017

Notícias / Do Internauta

Recorrente

Do Internauta

16 Set 2017 - 16:44

O problema dos recursos Hídricos de Chapada dos Guimaraes. É uma situação insustentavel para a população.Meu ponto de vista a Prefeitura de CHAPADA DOS GUIMARÃES deveria criar uma diretriz para sua administração. A problemática da água é um ponto muito sério, no período do Festival de inverno a situação fica pior . As diversas ações contra a escassez hídrica devem ser executadas integradas em um plano de recursos hídricos, que prevê medidas de fiscalização, infraestrutura, educação e regulação da água. A demanda das casas , das pousadas e muito grande e não existe um projeto para mudar isso.Essa situação deve-se a diversos fatores, entre os quais, o descompromisso total com políticas de ocupação responsável do solo , pois em Chapa Dos Guimarães temos uma trajetória de ocupação urbana sem nenhum cuidado ambiental e urbanístico .Estou me referindo a venda de loteamentos em locais de nascentes de água. PRINCIPALMENTE DO CONDOMÍNIO VENDIDO PELA GINGO SEM LICENÇA AMBIENTAL .Outra situação e a ocupação e o desmatamento de áreas do Cerrado onde a expansão das fronteiras agrícolas também colaborou para a escassez da água, na medida em que o Cerrado foi visto como dispensável. “À medida que a agricultura avança, faz com que as mudanças no clima sejam sentidas de maneira muito clara.” E preciso cuidar dessa demanda AGORA , pois as mudanças climáticas e de regimes de chuvas, são sérias. Não podemos esquecer da adaptação, do plantio de árvores. As últimas crises hídricas mostraram isso. Não houve só mudança nos regimes de chuva, mas as bacias que transportavam as águas são as mais estão desprotegidas . Repito : que é preciso recuperar a qualidade das águas e garantir que a quantidade não diminua. PRECISAMOS DE AJUDA PARA BARRAR O PROJETO DA GINGO E SEU CONDOMÍNIO DEVASTADOR DO MEIO AMBIENTE

Mais Do Internauta

Sitevip Internet