Olhar Direto

Domingo, 22 de outubro de 2017

Notícias / Política MT

No adeus a Sarita Baracat, parentes e amigos destacam pioneirismo, coragem e amor por política e educação

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco

10 Out 2017 - 16:31

Foto: Ronaldo Pacheco / Olhar Direto

No adeus a Sarita Baracat, parentes e amigos destacam pioneirismo, coragem e amor por política e educação
Milhares de amigos, parentes e populares compareceram à Conferência Nossa Senhora do Carmo, em Várzea Grande, para o último adeus à professora e ex-prefeita Sarita Baracat, 86 anos, morta na madrugada desta terça-feira (10), vítima de infarto fulminante. Seu corpo foi enterrado no Cemitério São Francisco de Assis, área central da Várzea Grande, pouco depois das 16 horas desta terça-feira (10).
 
Diversas autoridades ficaram horas, no calor superior a 40 graus centígrados, no salão paroquial. Ex-adversário e decano da vida pública, o ex-governador e ex-senador Júlio Campos (DEM) disse que foi prestar a última homenagem. “Vim aqui trazer minhas condolências. A professora Sarita foi uma grande mulher, sempre à frente do seu tempo”, observou Júlio Campos.

Leia Mais:
- Mato Grosso perde professora Sarita Baracat, ex-deputada e primeira prefeita de Várzea Grande
 
- Autoridades e líderes políticos de MT  lamentam morte de professora Sarita Baracat

As prefeitas Lucimar Campos (DEM), de Várzea Grande, e Thelma de Oliveira (PSDB), ficaram o tempo todo ao lado do corpo de Sarita e do jornalista Fernando Baracat, seu filho, e do atual secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Kalil Baracat, seu neto.

“Sem dúvida, marcou época e é merecedora das homenagens. Sempre teve o meu respeito”, observou Lucimar. Ela e seu marido, ex-governador Jayme Campos (DEM), foram os primeiros a chegar, pela manhã.
 
O secretário de Estado das Cidades, deputado Wilson Santos (PSDB), recordou a luta de Sarita em defesa da educação. “Foi uma das maiores baluartes da educação de Mato Grosso. Abriu e dirigiu diversas escolas. Seu legado é inestimável e um exemplo a ser seguido”, sintetizou Wilson.
 
O professor Honório Magalhães, afilhado e filho de criação, se apressou em colocar sobre o caixão uma bandeira do Clube Esportivo Operário Varzeagrandense (CEOV), uma das paixões de Sarita. Ela ajudou o irmão Rubens do Santos Baracat (in memorian) a fundar a agremiação.
 
Atendendo convite da família, o Coral Municipal entoou canções que Sarita amava, como ‘Oração pela Família’, de Padre Zezinho; Hino de Várzea Grande, de auditoria do coronel Ubaldo Monteiro; e ‘Como é Grande o Meu Amor por Você’, de Roberto Carlos, emocionando os presentes. “Cantamos com o coração e, certamente, por isso, contagiamos a todos”, definiu Maria Domingas, do coral.
 
Também subiram ao palanque improvisado para fazerem homenagens a Sarita Baracat a técnica Rita Mara Cortez, da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer; e a jornalista Neila Barreto, autora do livro “Sarita Baracat: uma mulher que pensou Várzea Grande”, a ser publicado em 29 de dezembro – data do seu aniversário.
 
O empresário Júlio Flávio Campos de Miranda, presidente do Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso, recordou a cobrança por qualidade nas obras públicas. “Façam como se estivessem construindo a própria casa”, revelou ele, ter ouvido dela.
 
Ex-prefeita, ex-vereadora e ex-deputada, Sarita Baracat gostava mesmo é de ser chamada de professora. Ela possuía 366 afilhados, com 732 compadre e comadres. Incentivou quase todos os afilhados a estudar e buscar formação em nível superior.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • eleitor
    11 Out 2017 às 07:19

    é incrível o quanto a pessoa melhora quando morre...... não conheci a Sarita, mas, tomara que tenha sido isso que falam, aqueles tempos passados não haviam tanta CPI, nem redes sociais, e que Deus a tenha ao seu lado.... esperamos só que, esses envolvidos em escândalos, quando morrerem, não sejam tão elogiados . . . .

  • helcio souza
    10 Out 2017 às 19:36

    A essa mulher...dou meus parabens. pela pessoa que foi..fez muito para muitas pessoas.fez a diferença por onde passou..politica..educaçao..uma pessoa impar...a Sra Sarita ...meus aplaúsos..um beijo. e vai com Deus.que ele a ilumine..pois na terra a Sra éra iluminada...A Familia grande abraço Deus conforte seus coraçoes.

Sitevip Internet