Olhar Direto

Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Notícias / Cidades

Empresário é preso acusado de manter desmanche clandestino em Cuiabá

Da Redação - Wesley Santiago

12 Out 2017 - 11:47

Foto: Reprodução/PJC

Empresário é preso acusado de manter desmanche clandestino em Cuiabá
A Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA), da Polícia Judiciária Civil, prendeu em flagrante o proprietário de uma oficina especializada em motocicletas, na tarde de quarta-feira (11), acusado de manter um desmanche clandestino. O dono da empresa Tecno Motos, Odenilson Paulino Silva mantinha em depósito veículos com restrições judiciais e com numeração de chassi suprimida, além de um motor adulterado.

Leia mais:
Ex-secretário de Estado tem Hilux roubada em lava jato; funcionários trancados
 
As diligência iniciaram após os policiais da DERRFVA receberem informações sobre um desmanche  de motocicletas, no bairro Altos da Serra, em Cuiabá.  No endereço indicado, os investigadores encontraram várias motocicletas desmontadas e motores em checagens. Duas motocicletas que estavam no local estavam com ação judicial e não poderiam ser desmanchadas, outra estava com chassi serrado e em um motor foi verificado sinais de adulteração.
 
Nas investigações, os policiais tiveram o conhecimento que o proprietário do estabelecimento era o dono da oficina de motocicletas “Tecno Motos”.  Os investigadores seguiram até a empresa, onde o suspeito afirmou que o local em que funcionava o desmanche era sua residência e que os veículos eram de clientes e também motocicletas que ele havia comprado para retirada de peças.
 
O empresário foi conduzido a DERRFVA, onde após ser interrogado pelo delegado Marcelo Martins Torhacs, foi autuado em flagrante pelo crime de receptação qualificada e adulteração de sinal de veículo automotor. O delegado representou pela prisão preventiva do acusado, uma vez que ele tem várias passagens anteriores pela Polícia por envolvimento nos mesmos crimes.
 
“Mesmo com as intervenções anteriores da Polícia Civil, o autuado continua reiterando suas condutas criminosas, sendo certo que sua atuação fomenta a prática de crimes de furtos, roubos e estelionato por terceiros”, destacou o delegado. (Com informações da PJC)

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet