Olhar Direto

Domingo, 19 de novembro de 2017

Notícias / Política MT

Neri Geller diz que deve se candidatar a deputado federal em 2018

Da Redação - Carlos Gustavo Dorileo

12 Nov 2017 - 08:20

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

Neri Geller diz que deve se candidatar a deputado federal em 2018
O ex-ministro da Agricultura e atual secretário de Políticas Agrícola, Neri Geller (PP) revelou durante evento em defesa da construção de ferrovias em Mato Grosso na tarde desta segunda-feira (6) que deve se candidatar para deputado federal nas eleições do ano que vem.

Leia Mais:
Frigorífico beneficiado pela redução do ICMS reabrirá as portas e deve gerar 900 empregos

Conforme o secretário, a candidatura está encaminhada, porém só deve ser confirmada no ano que vem. Ele terá que sair do cargo que ocupa até o mês de março do para se candidatar nas eleições de 2018.

“Se eu me candidatar será para o cargo de deputado federal, está bem encaminhado para isso” afirmou o secretário, que também disse estar bem no Partido Progressista, onde tem boa relações com o presidente em Mato Grosso, deputado Ezequiel Fonseca e como ministro da Agricultura Blairo Maggi.

“Minha relação é excelente. Eu converso bastante com o Blairo e com o Ezequiel, que são os líderes do PP hoje. Converso também com a executiva nacional e temos uma relação próxima. Temos um grupo de lealdade”, disse.

O secretário também afirmou que no momento não está acompanhando a questão partidária e que é precoce para saber se o partido irá apoiar ou ser oposição ao governador Pedro Taques (PSDB).  

“Eu sinceramente não estou acompanhando a questão partidária, mas essa questão vamos deixar para o ano que vem. Dentro do partido o presidente é o Ezequiel e a maior liderança é o ministro Blairo. Naturalmente que vamos acompanhá-los discutindo o que vai acontecer, mas isso vamos deixar para o ano que vem”, pontuou.

Por fim, ele afirmou que a delação premiada do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) não causaram impacto negativo no ministro Blairo Maggi, a quem creditou um rgande trabalho a frente do ministério da Agricultura.

“Acho que não terá impacto, estamos muito animado de ver que em todas as pesquisas o ministro Blairo é apresentado como um grande líder. O trabalho que ele está fazendo no ministério da agricultura está ajudando muito a economia de Mato Grosso e do Brasil. Esse é o nosso foco nesse momento”, finalizou.
 

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • sediclaur
    13 Nov 2017 às 10:49

    Vai ser mais um a ser fossilizado pela rejeição popular nas eleições de 2018. Essa turma de políticos profissionais vai ser varrida da política em MT. Quem viver verá. E os novos político que serão eleitos que se cuidem porque o povo tá por aqui com políticos safados que só usam o cargo pra se beneficiar.

  • Jucão
    13 Nov 2017 às 09:07

    Precisando de imunidade parlamentar....? Entendi.

  • Contribuinte
    12 Nov 2017 às 19:22

    Blairo vai apoiar Pedro Taques, que vai se reeleger

  • por justiça
    12 Nov 2017 às 08:37

    cuidado com os gafanhotos estão querendo criar asa o povo tem que agir....

Sitevip Internet