Olhar Direto

Domingo, 19 de novembro de 2017

Notícias / Política MT

PSDB assegura que Taques é candidato à reeleição e que não existe "plano B"

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco

13 Nov 2017 - 17:33

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

PSDB assegura que Taques é candidato à reeleição e que não existe
A principal plataforma de trabalho do PSDB é assegurar a reeleição do governador José Pedro Taques, em 2018, na disputa para o governo de Mato Grosso e as ilações sobre um eventual ‘plano B’ são meras intrigas.  O deputado federal Nilson Leitão (PSDB) dixou o comando da Executiva Regional para construir sua pré-candidatura ao Senado e entregou a direção para o ex-vereador Paulo Borges Júnior, na última sexta-feira (10), com aval de Pedro Taques.  
 
“Nunca houve discussão de um plano B. Porque quem tem governador, não tem plano B! O PSDB só tem plano A, com a reeleição do governador como plano A. Nem se cogitou plano B”, afirmou Nilson Leitão, para a reportagem do Olhar Direto, após passar o bastão da legenda.
 
Leia Mais:
- Carlos Fávaro afirma que PSD e PSDB são “partidos irmãos” e vão marchar juntos em 2018

- Max Russi afirma que Taques reconhece importância do PSDB e incentiva tucanos na defesa de ações do governo
 
Nilson Leitão afirmou que passa a ser “um filiado para ajudar ao Paulo Borges”, que agora tem a missão de transformar montar uma chapa robusta para a Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa de Mato Grosso. “Em 2018, devemos construir uma chapa de deputado estadual e deputado federal para oxigenar, neste momento em que o Brasil está vivendo. A chapa de deputado estadual tem que ser muito bem montada, já imaginando que, em 2020, não terá coligação para vereador, nos municípios. É obrigação construir o partido forte em cada município”, ponderou o ex-presidente tucano.
 
A intenção do PSDB em ter candidatura própria ao Senado em nada atrapalharia a reeleição de Pedro Taques, na visão dos tucanos. “Temos um diálogo cada vez mais intenso, internamente. E cabe ao novo presidente articular com os demais partidos [da aliança governista] a construção para 2018”, sugeriu ele.
 
Quanto aos rumores de racha no ninho, inclusive com a ameaça de Taques sair do PSDB, Leitão crê que o assunto será tratado corretamente e encerrado por Paulo Borges, atual presidente da Companhia Mato-Grossense de Tecnologia (MTI), sucessora do antigo Centro de Processamento de Dados (Cepromat).
 
“Você não precisa fazer média com ninguém. Tem que ser franco e  ajudar falando a verdade para os seus correligionários. Tenho muito apreço pelo governador Pedro Taques. É um amigo pessoal. Eu não discuti com o governador vários temas que estão colocando na imprensa. Eu discuti com o governador de forma simples e rápida a apresentação do Paulo Borges e melhorias na saúde. Não se tratou no meu diálogo com o governador sobre a vaga [na chapa majoritária] para o Senado”, sintetizou Leitão.
 
Pedro Taques se encontra em viagem à Ásia e Europa desde o último dia 3, e retorna a Mato Grosso no próximo sábado (17). Ele já tinha viajado quando ocorreu a convenção do PSDB, na última sexta-feira.

21 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Mateus
    14 Nov 2017 às 20:41

    Votei neste incompetente, meu voto nunca mais ..

  • ELOCO 2
    14 Nov 2017 às 18:59

    Mas Deus não há de deixar esse ser humaninho voltar a ser governador nem na próxima encarnação. Nosso Deus é grande e um ser humano que faz o que ele fez com o nosso querido estado há de pagar com juros diante do Altíssimo! Cada trabalhador, pai de família, mãe de família, que sofreu na pele as injustiças de Pedro Taques vai ser lembrado ano que vem nas urnas! Vamos cuidar para que isso aconteça. E da mesma forma que seu fiel cão de guarda Wilson Santos, será uma derrota histórica, pra ele nunca mais esquecer que Cuiabá, que Mato Grosso não é burro como ele pensa e principalmente: que aqui se faz, aqui se paga! Fora Taques!

  • Dr Davi
    14 Nov 2017 às 14:17

    Taques fez campanha em cima da defesa do novo, entretanto, toda a sua gestão se voltou em torno dos interesses de um único setor, o grande agricultor (não uso o termo agronegócio porque a tributação do boi subiu de 5 para 7 por cento no governo Taques). Para manter a renúncia fiscal do agricultor aumentou a alíquota sobre o boi, a tributação sobre o comércio e por fim, retirou direitos dos servidores e irresponsavelmente os acusou pela situação fiscal do Estado, que de um lado é resultado da corrupção no governo anterior (obras da Copa) e no governo atual (Seduc, FAESP, ECT) e da renúncia fiscal sobre o maior setor do Estado, a agricultura. Sua política é semelhante a da República Velha, em que o Presidente representava somente os grandes produtores de café. Como se pode ver Taques não tem nada de novo.

  • João cana mansa
    14 Nov 2017 às 10:22

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • ANA
    14 Nov 2017 às 09:33

    SERÁ UMA LINDA DERROTA DE SE VER...

  • alexandre
    14 Nov 2017 às 09:15

    bom jurista, péssimo administrador e governador, representante das trading do agronegócio...

  • Jango
    14 Nov 2017 às 08:48

    O ser humano é perfeito e cada um tem um talento uns para ensinar, outros para investigar e quando você quer fazer algo que não é de sua vocação tem que procurar pessoas do meio para te ajudar não deixando o principio ser desprezado e isso o governador até hoje não sabe para que veio...

  • GERALDO
    14 Nov 2017 às 00:13

    Essa já foi,o caos na saúde,segurança, sem falar no restante,o rio de janeiro,minas e rio grande estão entrando nos trilhos e aqui pelo visto nos jornais, esta cada dia mais incerto infelizmente,espero estar enganado,e ainda acredito que possa dar certo.

  • Marcelo Souza
    13 Nov 2017 às 22:58

    Sr Israel já passou da hora do Governador tentar esconder a péssima administração que está fazendo apontando o dedo para os outros! É verdade que Silval Barbosa quebrou o Estado, porém, o pedro Taques foi eleito para fazer algo melhor e na prática não fez nada! Silval já é passado Pedro Taques será julgado nas urnas pelo seu próprio mandato (péssimo por sinal)!

  • Barreto
    13 Nov 2017 às 22:53

    Perdeu nanico!!! ISOLADO ...JA ERAS

Sitevip Internet