Olhar Direto

Quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Notícias / Cidades

“Estamos confiantes na polícia e que se faça justiça”, diz vereador pai de personal trainer assassinado

Da Redação - Vinicius Mendes

14 Nov 2017 - 14:18

Foto: Reprodução

“Estamos confiantes na polícia e que se faça justiça”, diz vereador pai de personal trainer assassinado
O vereador de Várzea Grande, Nilo Nascimento de Campos (DEM), pai do personal trainer Danilo de Campos, assassinado na última quarta-feira (8) em Cuiabá, contou ao Olhar Direto que ainda sente muita dor com a perda. A família não tem muitas informações sobre o autor dos disparos, mas confiam no trabalho da Polícia para fazer Justiça. A missa de sétimo dia de Danilo acontece nesta terça-feira (14), na Igreja Santa Isabel, na Cohab Santa Isabel, em Várzea Grande, às 19h30.

Leia mais:
Delegada já teve acesso a celular de personal da Smart Fit executado; investigações continuam

“Nós estamos procurando a delegada, porque tudo depende da investigação dela, do Poder Judiciário. A Polícia Civil, disse que estão se empenhando bastante, que também dependem do juiz, para liberar as coisas da investigação. Nós estamos cientes e confiantes que a polícia vai desvendar o mais rápido possível. Já tem sete dias e não temos nenhuma informação do bandido, só sabemos que é motoqueiro, não sabemos se tem mandante, mas tudo depende da investigação”, disse o vereador.

Ele disse que a família ficou chocada com a forma violenta que o assassinato ocorreu e que sentem muita dor. A missa de sétimo dia de Danilo acontece hoje e o vereador disse que conta com a presença de todos os amigos e familiares.

“Estamos recuperando um dia após o outro, a dor é muito grande ainda, a perda foi muita para mim e a mãe dele.  Foi uma coisa que chocou, pegou todos nós de surpresa, do jeito que executaram meu filho, mas a família ainda sente muito a dor da perda dele, a falta dele. Mas nós vamos desvendar isto aí, e a gente conta com o apoio de todos para que a polícia consiga investigar, e que, não vai trazer ele de volta, mas diminui a dor e a Justiça será feita”.

Alguns boatos diziam que Danilo já vinha recebendo ameaças, no entanto, o pai, que morava com ele, disse que nunca ouviu do filho algo sobre isto.

“Eu e a mãe dele sempre vínhamos perguntando, porque alguns falam que ele estava sendo ameaçado, só que em nenhum momento ele nos disse. E ele sempre se abria com a gente, morava comigo, e a gente perguntava para ele se estava tudo bem e ele dizia que sim. Se houve alguma coisa no passado não chegou até nós, ele não falou e ninguém falou, e o restante dos familiares também, ninguém sabia destas ameaças, se tinha alguma coisa anormal. Porque eu como pai, como autoridade, se soubesse de alguma coisa teria tomado providências com certeza, meu filho único, como que eu iria deixar alguém ficar ameaçando, jamais” contou o vereador.

Nilo Campos afirmou que agora aguardam a conclusão da investigação da Polícia Civil. As gravações das câmeras de segurança já estão com a polícia, mas aas imagens ainda não foram divulgadas. O vereador disse que espera conseguir alguma resposta ainda esta semana, já que a delegada havia afirmado que as investigações estão adiantadas.

“Nós estamos pedindo para que o mais rápido possível este bandido, este causador da morte de um jovem que não merecia seja encontrado. Meu filho era um trabalhador, tinha sonhos para viver com sua família, comprar apartamento, e teve a vida tirada desta forma. A família ainda sente muito a dor, mas estamos confiantes, na polícia, no poder judiciário, que prendam o bandido e façam Justiça, para mostrar que o crime não compensa, que a Justiça supera a criminalidade”.

Em entrevista ao Olhar Direto, a delegada Alana Cardoso, responsável por investigar o assassinato do personal trainer, não confirmou que o suspeito já foi identificado, como havia sido veiculado. Ela contou que as investigações ainda estão em andamento, em ritmo avançado, e que os familiares já começaram a serem ouvidos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet